Publicidade
Manaus Hoje
SEM REAGIR

Motorista fica ferido durante assalto a ônibus e passa por cirurgia

O motorista, que trabalha há 6 anos na linha 120, foi assaltado três vezes apenas esse ano. Ele sempre comentava que essa era uma das linhas mais perigosas 25/03/2017 às 09:48 - Atualizado em 25/03/2017 às 09:53
Show jo o lucio 2
Gilson passou por cirurgia e aguarda na enfermaria do Pronto Socorro João Lúcio (Foto: A Critica)
Álik Menezes Manaus (AM)

O motorista de ônibus, Gilson Gomes, 43, levou uma coronhada na cabeça após dois homens armados assaltarem o coletivo da linha 120, da empresa Viação São Pedro, na noite de sexta-feira (24). Ele passou por cirurgia na madrugada deste sábado (25) e aguarda na enfermaria por falta de vaga na UTI no Hospital Pronto Socorro Dr. João Lúcio.

Mesmo sem reagir ao assalto, o motorista, foi atingido na cabeça e a suspeita é de achatamento de crânio. "Os bandidos já tinham descido, mas um voltou e acertou ele na cabeça só por maldade, ele não reagiu nem nada", contou Edna Silva Souza, esposa do motorista.

Segundo Edna, o caso ocorreu por volta das 20h, na estrada da Ponta Negra,  quando o motorista estava retornando para o final da linha. "A cobradora disse que eles fizeram a limpa em todo mundo e desceram próximo de uma delegacia que tem lá", contou.

Edna contou que o marido passou por cirurgia na madrugada e estaria estável, mas apenas às 11h saberá o real estado do  marido. "Me falaram que afundou o crânio e está respirando com a ajuda de aparelhos, mas não sei de detalhes. Ele está na enfermaria porque não tem vaga na UTI", contou.

O motorista, que trabalha na linha 120 há 6 anos, foi assaltado 3 vezes apenas esse ano e sempre comentava com a esposa que essa era uma das linhas mais perigosas.

Publicidade
Publicidade