Publicidade
Manaus Hoje
HOMICÍDIO

Mototaxista é executado com quatro tiros em frente ao ponto onde trabalhava

Crime ocorreu na Alameda Santos Dumont, por volta das 18h30 de hoje. Testemunha disse que o rapaz vinha sendo ameaçado por conta de negociação de moto 13/03/2017 às 20:24 - Atualizado em 13/03/2017 às 20:54
Show clj es14149
Multidão se aglomerou após o crime (Foto: Evandro Seixas)
Amanda Guimarães Manaus (AM)

 O mototaxista Antônio Muniz Félix de Souza, 33, foi assassinado por volta das 18h30 da noite desta segunda-feira (13), em frente a Auto Escola Ama-Rio, localizada entre a Alameda Santos Dumont e Rua Comadante Paulo Varela, no bairro da Paz, Conjunto Santos Dumont, Zona Centro-Oeste de Manaus.

Segundo policiais da 17ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), Antônio estava em frente do ponto de mototáxi, quando dois homens chegaram em uma moto e alvejaram o rapaz. Ele foi morto com quatro tiros, que atingiram cabeça, braço e pescoço.

Uma testemunha que não quis se identificar informou que Antônio já tinha sido ameaçado de morte. "Estávamos aqui conversando, quando do nada se aproximaram dois homens em uma moto. Foram logo atirando. Acredito que seja acerto de contas, pois o Antônio tinha comprado  uma moto do valor de  500 reais, mas nunca essas pessoas entregaram a motocicleta. Ele já tinha reclamado, e os homens o ameaçaram de morte", explicou.

Por conta da ocorrência, agentes do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização de Trânsito (Manaustrans), estiveram no local para controlar o trânsito na Avenida Santos Dumont. Uma multidão de curiosos se concentrou no local.                        

A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) deve investigar o caso.

Publicidade
Publicidade