Publicidade
Manaus Hoje
Prisão

Mototaxista preso por suspeita de participar de morte de policial militar nega o crime

De acordo com delegado, Antônio Luiz Pereira Filho foi reconhecido por testemunhas, mas ele diz que não participou da ação que culminou na morte de PM, mês passado 06/10/2016 às 12:04
Show whatsapp image 2016 10 06 at 11.56.10
O mototaxista foi preso na Cachoerinha, Zona Sul, enquanto trabalhava (Foto: Jander Robson)
Fábio Oliveira Manaus (AM)

O mototaxista Antônio Luiz Pereira Filho, 33, foi apresentado na manhã desta quinta-feira pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) suspeito de participar da morte do policial militar Eleandro Lacerda Lima, de 38 anos.

O crime ocorreu no dia 15 de setembro deste ano, no bairro Cidade Nova, Zona Norte. O mototaxista foi preso na Cachoerinha, Zona Sul, enquanto trabalhava. Em depoimento, ele negou o crime.

No entanto, o delegado Luiz Rocha, adjunto da DEHS, afirmou que há provas suficientes contra o suspeito. Segundo Rocha, o motaxista foi quem deu apoio no dia do fato e há testemunhas que reconheceram o mesmo. Ele está preso temporariamente.

Publicidade
Publicidade