Publicidade
Manaus Hoje
BRIGA

Mulher que mandou matar vizinho por causa de 35 cm de terreno é presa pela polícia

Segundo a Polícia Civil, a vítima teria invadido o terreno da mulher e acabou morto com uma facada no peito. Os executores seguem foragidos 18/01/2018 às 15:01 - Atualizado em 18/01/2018 às 16:20
Show 86573a80 ad01 4bd2 bd39 0408729243d5
Foto: Divulgação
Fábio Oliveira Manaus (AM)

Policiais civis prenderam na manhã dessa quinta-feira (18), em Itacoatiara, no interior do Amazonas, Maria do Socorro Cavalcante Alencar, de 51 anos, apontada como mandante do assassinato de Raimundo Charles Gonzaga da Silva, 55, morto com uma facada no peito no dia 25 de setembro de 2017, em Maués.

De acordo com a Polícia Civil, Raimundo teria invadido 35 centímetros do terreno de Maria, que era vizinha dele, e, por isso, foi morto. Durante as investigações em Maués, os investigadores descobriram que ela contratou o ex-presidiário Alberte da Silva Sarrafe e o irmão dele, Kleberte da Silva Sarrafe, para cometerem o crime.

Durante as investigações, a Polícia Civil também indiciou pelo homicídio a esposa de Alberte, Simara Amazonas Monteiro. Conforme a polícia, Simara forneceu a conta bancária dela para Maria depositar o dinheiro referente ao pagamento pelo crime. O valor do assassinato de Raimundo não foi divulgado.

O crime foi solucionado, mas os dois irmãos seguem foragidos. Maria deve ser transferida para a Comarca de Maués, onde ficará a disposição da Justiça.

Publicidade
Publicidade