Sábado, 25 de Janeiro de 2020
Estelionato

Mulher é presa por se passar por advogada e enganar clientes em Manaus

Tainah Porto fingia oferecer serviços de advocacia e ficava com o dinheiro dos clientes. Ela faturou mais de R$ 54 mil, segundo a polícia



4654.JPG Tainah Porto Ferreira foi presa em cumprimento a mandado de prisão pelo crime de estelionato (Foto: Robson Jander)
14/12/2016 às 15:59

Tainah Porto Ferreira, de 27 anos, foi presa na tarde desta quarta-feira (14), em Manaus, em cumprimento a mandado de prisão pelo crime de estelionato. Ela foi apresentada no 4° Distrito Integrado de Polícia (DIP).

A suspeita foi capturada na casa dela, localizada na rua Guatemala, conjunto Parque das Nações, bairro Flores, Zona Centro-Sul da capital. Ela é suspeita de se passar por advogada e enganar vítimas. Segundo a polícia, ela fingia oferecer serviços de advocacia e ficava com o dinheiro dos clientes.



Ao todo, cinco vítimas procuraram a delegacia para registrar o caso. Segundo o delegado titular Ricardo Cunha, do 4º DIP, Tainah faturou mais de R$ 54 mil. Ela nega o crime e disse que só irá falar em juízo.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.