Sexta-feira, 03 de Julho de 2020
INTERIOR

Mulher sofre queimaduras graves após suspeito atear fogo em colchão

Caso ocorreu em Manacapuru e polícia procura o marido da vítima, identificado como 'Tiago'. Ele é o principal suspeito de ter ateado fogo contra a companheira após desentendimento



mulher_2BD5AB3D-FBBE-40C6-90C0-742D8CF196CC.JPG Foto: Divulgação
29/05/2020 às 08:42

A policia de Manacapuru está procurando um homem identificado como “Tiago”. Ele é o principal suspeito de na madrugada de quarta-feira (27) ter ateado fogo no colchão onde a sua companheira identificada como “Daiana” dormia. Ela que teve grande parte do corpo queimado.

De acordo com informações de vizinhos e da polícia o crime aconteceu  no quarto de uma estância, no bairro São José onde o casal morava , após uma bebedeira. O casal foi socorrido por vizinhos e levado para o hospital  da cidade Lázaro Reis, mas enquanto aguardava por atendimento médico Tiago fugiu.

De acordo com informações passadas pela polícia, na noite de quarta-feira o casal ingeria bebida alcoólica. Já embriagados os dois acabaram se desentendendo é o marido saiu de casa, mas não demorou muito e voltou para casa.

Quando chegou a casa já encontrou a mulher dormindo, foi quando ele teve a ideia de pegar um frasco de acetona e derramar o líquido no colchão onde Diana dormia e ateou fogo que logo se propagou rapidamente atingindo Daiana.

Os vizinhos foram acordados pelos gritos de pedidos de socorro. Mesmo estando com o corpo cheio de queimaduras Daiana consegui abrir a porta da casa para pedir ajuda. Os vizinhos ajudaram o casal apagando o fogo e chamando uma ambulância que levou o casal para o hospital.



Enquanto aguardava para receber atendimento medico o marido fugiu, o que supostamente caracterizou que  foi ele que provocou o incêndio. Tiago teve queimaduras nos braços e nas mãos.

A polícia foi acionada pelos funcionários do hospital  mas Thiago já tinha fugido. Daiana continua internada e, devido o ao seu estado de saúde, ainda não foi ouvida pela polícia que ate o momento desconhece a verdadeira motivação do crime.

As investigações começaram para tentar localizar Tiago. A Polícia foi ao local do crime e encontro  o frasco de acetona supostamente usado para iniciar o fogo. A suposição é  que durante a ação, a mulher acordou e o marido tenha se ferido também, o que fez com que ele não deixasse o local, vindo a fugir posteriormente do hospital. 

Colaborou o repórter da TV A Crítica, Ericsson Araujo.

Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.