Segunda-feira, 16 de Dezembro de 2019
NA ZONA NORTE

Mulher suspeita de envolvimento no latrocínio de motorista de app é presa

Endel Assunção Lisboa, 26, foi presa por suspeita de estar envolvida na morte do motorista de aplicativo Jairo Lavareda Coser, 46, encontrado com um tiro na cabeça e 14 facadas na última quinta-feira (31)



faceesss_1AC6B4B2-28B5-46BF-92F1-11D9E99DBFD2.JPG Foto: Reprodução
04/11/2019 às 12:50

Endel Assunção Lisboa, 26, foi presa nesta segunda-feira (04)  por suspeita de estar envolvida na morte do motorista de aplicativo Jairo Lavareda Coser, 46.  O corpo do motorista foi encontrado com um tiro na cabeça e 14 facadas pelo corpo, na noite de quinta-feira (31), na travessa 12, Conjunto Mutirão Amazonino Mendes, bairro Cidade Nova, Zona Norte de Manaus.

A ação na qual foi presa Endel foi coordenada pelo delegado Paulo Martins e pela delegada Zandra Ribeiro, titular e adjunta, respectivamente, da Delegacia Especializada  em Homícidios e Sequestros, com o apoio da equipe de investigação do 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP), coordenada pelo delegado Rafael Guevara. Conforme Paulo Martins, Endel, que tinha um relacionamento amoroso com Jairo, teria contratado dois indivíduos, que ainda estão sendo investigados pela polícia, para roubá-lo.

“No dia do crime, a vítima deixou Endel no conjunto Mutirão e, em seguida, a dupla infratora, em posse de facas, realizou a abordagem ao motorista, anunciando o roubo. Durante a ação criminosa, ele reagiu, e um dos infratores desferiu golpes de faca em Jairo, que veio a óbito. Destaco que, durante as investigações em torno do caso, constatamos que foi a mulher que planejou o crime”, relatou Paulo Martins.



A adjunta da DEHS, explicou que após ser constatado o envolvimento de Endel no crime, foi representado a Justiça o pedido de prisão em nome dela. A ordem judicial foi expedida no dia 1º deste mês, pela juíza Anagali Marcon Bertazzo, do Plantão Criminal. Zandra Ribeiro disse, também, que obtiveram a localização da mulher por meio da equipe do 1º DIP, e a prisão dela foi efetuada, ainda naquele mesmo dia, na casa dela, situada na rua Cinquenta e Sete, conjunto Mutirão, no mesmo bairro do crime.

Procedimento  

Endel foi indiciada por latrocínio. Ao término dos procedimentos cabíveis no prédio da especializada, ela será encaminhada ao Centro de Detenção Provisória Feminino (CDPF), onde irá permanecer à disposição da Justiça.

 

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.