Publicidade
Manaus Hoje
COMBATE AO TRÁFICO

Operação Pacificador prende quatro pessoas e apreende R$ 170 mil, armas e munições

Polícias Civil e Militar deflagraram ação em bairros da Zona Sul de Manaus após sequência de homicídios motivados pelo tráfico de drogas 05/05/2017 às 12:38 - Atualizado em 05/05/2017 às 12:47
Show 2235d624 073d 4c42 a0a7 5a28304086bd
Foto: Winnetou Almeida
Joana Queiroz Manaus (AM)

Crimes de homicídio ocorridos nos últimos meses na Zona Sul de Manaus, motivados pelo tráfico de drogas e pela disputa de território por facções rivais, levaram as polícias Civil e Militar do Amazonas a desencadearem na manhã desta sexta-feira (5), na capital, a operação Pacificador, com o cumprimento de 25 mandados de busca e apreensão.

No total, quatro pessoas foram presas, entre elas Geike Leandro Gonçalves Correa, 32, o “Júnior Guerreiro”, suspeito de tráfico de drogas e principal alvo da operação por ser gerente do tráfico da facção criminosa Família do Norte (FDN), segundo a polícia. Além dele, também foram presos Marcole Oliveira de Alencar, 33, Edilaiton Macêdo dos Santos, 39, e outro homem ainda não identificado.

Entre os objetos apreendidos com “Júnior Guerreiro” estão um revólver calibre 38, dois notebooks, a quantia de R$ 170 mil em espécie e cartões do programa Bolsa Família do governo federal. Com Marcone foram apreendidas 120 munições, balanças de precisão e uma porção de droga. Já com Edilailton a polícia encontrou uma pistola calibre 340 com a numeração raspada.

De acordo com o delegado Guilherme Torres, do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), as investigações iniciaram há cerca de dois meses, após uma sequência de mortes em bairros da Zona Sul. Entre as localidades alvo da operação estivaram São Lázaro, Santa Luzia, Raiz, Morro da Liberdade, Educandos, Crespo, entre outros.

A operação contou com efetivo de 180 policiais entre civis e militares do DRCO, do Departamento Estadual de Narcóticos (Denarc), dos Distritos Integrados de Polícia (DIP) da Zona Sul, da Força Especial de Resgate e Assalto (Fera), do Comando de Policiamento Especializado (CPE), do Comando de Policiamento Metropolitano (CPM), além de apoio do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Publicidade
Publicidade