Segunda-feira, 21 de Junho de 2021
Ossada

Ossada humana é encontrada na orla da Manaus Moderna

Trabalhadores do local acreditam se tratar de morador de rua identificado como “Sorriso”



08b2eb60-401a-4b09-b1fa-504c8cf8ac42_0C5C23C6-2242-4A35-AD65-4C644ABDB906.jpg Foto: Josemar Antunes
05/11/2020 às 12:00

Uma ossada humana foi encontrada na manhã desta quinta-feira (5), parcialmente enterrada na orla do Porto da Manaus Moderna, na avenida Lourenço da Silva Braga, no bairro Centro, na Zona Sul de Manaus.

Segundo informações da 24ª Companhia Interativa (Cicom), trabalhadores de limpeza acharam os restos mortais e acionaram a polícia, por volta das 10h. A ossada estava envolta em cordas.



Os trabalhadores da área não souberam informar sobre a existência de desaparecido. No entanto, Aureliana de Lima Medeiros, 48, compareceu ao local na tentativa de reconhecer o filho, que nunca mais deu notícias.

Ela informou que Janderson Medeiros Marques de Lima, 31, conhecido como "Velho", morava em um prédio na rua Quintino Bocaiúva, no bairro Centro, mas por ser usuário de drogas, resolveu morar na rua. O familiar está desaparecido há sete meses.

A reportagem de A Crítica também obteve outra informação no local, com um carregador de mercadorias. Segundo ele, os restos mortais são de um homem identificado apenas como "Sorriso", que tinha envolvimento com o tráfico de drogas.

"Sorriso" foi dominado por desafetos e amarrado em uma lixeira, após ser torturado. Em seguida, foi jogado no rio Negro. Os criminosos não tiveram os nomes divulgados pela testemunha.

Equipes do Departamento de Polícia Técnico-Científica (DPTC), Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) e Instituto Médico Legal (IML) foram acionados. Os restos mortais serão levados para o setor de antropologia, que irá apontar a identidade da vítima.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.