Domingo, 20 de Setembro de 2020
ZONA OESTE

Padrasto atira em criança de 3 anos em Manaus; menina não resiste e morre

Criança chegou a ser socorrida e levada à UPA Campos Salles. Homem se apresentou à polícia, foi detido e levado à Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros



homem-que-estava-em-regime-semiaberto-e-morto-com-cinco-tiros_19B7668B-28BC-4AEA-A5FA-A0F560C4F59E.jpeg Foto: Divulgação/SSP-AM
20/07/2020 às 22:46

Um homem, identificado até o momento como Rogério, foi preso na noite desta segunda-feira (20) após efetuar um disparo de arma caseira contra a enteada dele, identificada como Yasmim Vitória Garcia, de 3 anos, em uma chácara localizada no bairro Tarumã, Zona Oeste de Manaus. A menina ainda foi socorrida pelos familiares até uma unidade de saúde, mas não resistiu e acabou morrendo.

De acordo com informações da Polícia Militar, o homem estava manuseando a arma caseira, do tipo espingarda, juntamente com o proprietário do imóvel. A criança estava próxima quando foi surpreendida pelo disparo.



A avó da vítima relatou que, no momento do suposto incidente, estava retornando de um supermercado e soube da tragédia enquanto estava a caminho da residência.

"Eu tinha ido comprar algumas coisas para casa e quando eu estava chegando, soube da notícia", explicou a mulher, afirmando que o namorado da filha não gostava da criança.

"Eu sinto que ele não gostava da minha neta. Meu marido disse que a arma estava carregada, mesmo assim ele ficou 'brincando'", declarou.

Yasmim ainda foi socorrida até à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Campos Sales. Da unidade hospitalar, ela foi transferida para o Hospital e Pronto-Socorro da Criança, no bairro da Compensa, onde foi confirmado o óbito.

O padrasto da criança se apresentou à Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente (DEPCA), onde foi detido e conduzido à Delegacia Especializada de Homicídios e Sequestros (DEHS), para prestar esclarecimentos. A companheira dele, que está gestante e em estado de choque, acredita que o tiro foi acidental.

A DEHS vai apurar a ocorrência e intimar os envolvidos para prestarem esclarecimentos na Especializada. O Instituto Médico Legal (IML) foi acionado para fazer a remoção do corpo da menina, que se encontra no necrotério do hospital.

News fe58c969 f689 427d bdc3 fb9389c2f509 adee0aa5 fa35 42f7 850c 32125f8d473c
Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.