Segunda-feira, 24 de Fevereiro de 2020
CRIME EM FAMÍLIA

Pai e filho são presos por homicídio qualificado em Manaus

Jorge Martins da Silva e Diney Martins da Silva eram investigados por homicídio ocorrido em maio de 2013, no bairro Monte Sião. Eles foram presos no bairro Cidade de Deus, Zona Norte de Manaus



show_1_FF4E1168-8041-4B4E-AACE-8A989BE8E69F.jpg Foto: Divulgação
21/01/2020 às 19:28

Uma operação conjunta do 13º e 18º Delegacia Interativa de Polícia (DIP) prendeu nesta terça-feira (21) Jorge Martins da Silva, o Pastor 38, e Diney Martins da Silva, pai e filho, cumprindo mandado de prisão por homicídio qualificado.

A dupla era considerada foragida da Justiça. Segundo informações da Polícia, as investigações começaram a partir de denúncias populares, que apontaram que os dois estavam se escondendo na rua Menino Jesus, no bairro Cidade de Deus, Zona Norte de Manaus.



A equipe policial montou campana no local indicado nas denúncias e após visualizarem Jorge saindo da sua residência, os policiais fizeram a sua detenção. Em  seguida, realizaram a detenção de Diney, que se encontrava dentro da residência.

Em consulta a bancos de dados disponíveis, confirmou-se a existência de um mandado de prisão em nome dos suspeitos. Após os procedimentos cabíveis, os dois homens serão encaminhados para a Audiência de Custódia.

Relembre

Jorge Martins da Silva e Diney Martins da Silva eram investigados por um homicídio ocorrido em maio de 2013, no bairro Monte Sião. Na ocasião do crime, pai e filho, juntos de mais um terceiro envolvido, ceifaram a vida de uma vítima com requintes de crueldade.

Após uma discussão, os três envolvidos golpearam a vítima com pauladas e pedradas até que ela ficasse desacordada. Não satisfeitos, ainda esfaquearam a vítima sete vezes, levando-a a óbito.

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.