Domingo, 26 de Maio de 2019
ASSASSINATO

Pai, mãe e sobrinho são presos por matarem genro espancado e esfaqueado em Manaus

A motivação do crime, segundo a polícia, seria porque o casal de suspeitos reprovava o namoro da vítima com a filha deles. A vítima, um adolescente de 17 anos, ainda teve a mão arrancada ao tentar fugir



0cc2f0d1-4730-4c11-83cd-fc932608d21c_156EDBDC-0BBA-4E10-8BA4-0C44FD726A1E.jpg
Foto: Jander Robson
29/03/2019 às 12:39

Três membros de uma mesma família, pai, mãe e sobrinho, foram presos pela Polícia Civil apontados como responsáveis pelo assassinato do adolescente de 17 anos Ismael Calisto Júnior, que foi espancado e esfaqueado até a morte. Antes morrer, a vítima ainda teve a mão arrancada ao tentar fugir. O crime aconteceu no último dia 11 de março no conjunto Águas Claras, Zona Norte.

Segundo o delegado Paulo Martins, titular da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), o crime teria sido motivado porque o casal de suspeitos, Leidimar dos Santos Nascimento, 35, e Maurício dos Santos Nogueira, 37, reprovavam o namoro da vítima, Ismael, com a filha deles. O outro preso é o sobrinho deles, Douglas Jhonathan dos Santos, 24, que participou do crime.

No dia do assassinato, conforme o delegado Paulo Martins, o sogro da vítima, Maurício, teria discutido com Ismael em um bar. Em seguida, Maurício foi para casa e começou a beber em frente à residência com três sobrinhos. Momentos depois, Ismael passou na rua em frente à casa, quando Maurício o avistou e, junto com Douglas, começou a espancá-lo e arrastá-lo pelas ruas do conjunto Águas Claras.

Em parte do trajeto, achando que a vítima já estaria morta, os dois suspeitos teriam tentando colocar o corpo de Ismael dentro de um veículo para descartá-lo em outro ponto da cidade, porém, ainda com vida, Ismael saiu correndo. Entretanto, ele foi alcançado e teve uma das mãos arrancadas. A vítima foi esfaqueada várias vezes e acabou morta. Leidimar, segundo a polícia, presenciou o crime e nada fez.

Douglas, Leidimar e Maurício foram autuados por homicídio e, ao término dos procedimentos na delegacia, serão encaminhados para o Centro de Detenção Provisória, presídio localizado no Km 8 da rodovia federal BR-174.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.