Publicidade
Manaus Hoje
CAIU NO BUEIRO

Pais de criança que caiu em bueiro serão ouvidos pela polícia nesta sexta-feira

Será necessário também depoimentos para saber se houve uma possível negligência do responsável da criança 29/04/2016 às 11:14 - Atualizado em 29/04/2016 às 11:14
Show show editada
Davidson Pereira reconheceu o corpo do filho por um defeito congênito. Andre não estudava porque documento estava com a mãe nas ruas (Foto: Antônio Menezes e álbum de família)
Kamyla Gomes

A partir de hoje, os pais e testemunhas do caso do pequeno André Pereira Crescenço, de 6 anos, que foi encontrado morto em igarapé após cair em um bueiro, serão ouvidos na Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), informou a delegada titular, Juliana Tuma.

Segundo ela, os depoimentos serão necessários para se chegar até o pai e a mãe biológica da criança. Os depoimentos estão sendo prestados na sede da Depca, e seguirão até o fim da tarde.

Será necessário também depoimentos para saber se houve uma possível negligência do responsável da criança.

Entenda o caso

O menino André Pereira Crescenço, caiu em um bueiro, no último domingo, no bairro Novo Aleixo, antigo Mutirão, Zona Leste, após uma enxurrada e teve o corpo levado por mais de 10 quilômetros, vindo a ser encontrado  no parque do Mindu, Zona Centro-Sul. O reconhecimento do corpo foi feito pelo pai Davison Lúcio Pereira, 31, e pela tia Raquel Natividade Pereira Martins, 47.

Publicidade
Publicidade