Publicidade
Manaus Hoje
Atirou nas nádegas

Para vingar morte de amigo, cadeirante invade hospital e tenta matar suspeito

O cadeirante fingiu que precisava de atendimento médico e, dentro da sala de curativo, atirou nas costas e nas nádegas do homem. Em seguida, ele foi preso 06/09/2016 às 14:17 - Atualizado em 06/09/2016 às 14:23
Show unnamed
O caso aconteceu em Maués, durante o Festival de Verão (Foto: Divulgação)
Fábio Oliveira Manaus (AM)

Para vingar a morte de um amigo, o cadeirante Wilson Paiva de Matos, de 38 anos, invadiu um hospital no município de Maués, localizado 276 quilômetros de Manaus, e efetuou dois disparos contra Alex Pereira de Lima, 27, na madrugada de ontem, durante o Festival de Verão, realizado no município.

Segundo a polícia, Alex é suspeito de ter matado Darcy Nildo dos Santos Marinho, 46, amigo do cadeirante. Conforme o delegado Rafael Schmidt, titular do 48º Distrito Integrado de Polícia (DIP), o cadeirante entrou no hospital e fingiu que precisava de atendimento médico. Dentro da unidade de saúde, ele se dirigiu até a sala de curativo, onde estava Alex, e atirou contra o mesmo.

De acordo com o delegado, Alex foi atingido por dois tiros, sendo um nas costas e outro em uma das nádegas. Ele é o principal suspeito de ter assassinado Darcy Nildo durante uma briga generalizada. Conforme o Comando de Policiamento do Interior (CPI), Darcy foi atingida no peito, após tentativa de apartar a briga.

Conforme o delegado Rafael Schmidt, o cadeirante foi preso em flagrante ainda dentro da unidade hospitalar por policiais da 10ª Companhia Independente da Polícia Militar. O mesmo portava um revólver calibre 38, com seis munições, sendo duas deflagradas.

O delegado informou à reportagem que Wilson será autuado por tentativa de homicídio e ficará preso na carceragem da delegacia, onde ficará a disposição da Justiça. Em depoimento, ele apenas informou que queria se vingar da morte do amigo. Alex Pereira, alvejado pelo cadeirante, foi transferido para um hospital de Manaus.

Publicidade
Publicidade