Sábado, 14 de Dezembro de 2019
CHUVA

Parte de casa desaba e atinge menino de 10 anos no bairro Fazendinha

Durante a chuva da madrugada desta quarta-feira (20) duas casas situadas no bairro Fazendinha, zona Norte de Manaus, desabaram. Moradores afirmam que outras residências correm risco de desmoronar.



WhatsApp_Image_2019-11-20_at_14.13.03_C6F7DDAC-739F-4016-B90A-D1974B63A009.jpeg Foto: Junio Matos
20/11/2019 às 14:50

Um menino de 10 anos de idade ficou levemente ferido depois que parte da casa onde ele mora desabou. Na residência, situada no beco Domilson, bairro Fazendinha, Zona Norte de Manaus, também moram com os pais dele e um irmão de 2 anos.

Naquela mesma área, já no beco Curió, parte da casa do gari Márcio Aragão de Souza 49, também desabou. Nesta ninguém ficou ferido. Eles moram em área de risco onde outras casas correm o risco de desabamento.



De acordo com os donos da duas casas, os desabamentos aconteceram durante a noite quando chovia.  Zirei da Silva, 27, moradora do beco Domilson, contou que por volta de 1h de ontem estava dormindo com o marido e o filho de 2 anos em um quarto, enquanto outro dormia em seu quarto que fica na parte de trás.

Foto: Junio Matos

A mulher disse que foi acordada por um estrondo e que o seu marido correu para ver o que estava acontecendo e já encontrou o quarto do filho e a maior parte da cozinha desmoronada. A criança estava atordoada, chorando e foi resgatada pelo pai. O menino apresentava um ferimento leve na cabeça.

Toda a estrutura da casa ficou comprometida e com rachaduras pela parede. A Defesa Civil foi acionada e ontem de manhã foi ao local e ficou constatado que o imóvel corre o risco de desabar. “Eles disseram que amanhã (hoje) a assistente social vem aqui para verificar a possibilidade de nos conceder o auxilio aluguel”, disse a dona de casa.

No mesmo beco outras casas estão ameaçadas de desabar. Quando ocorre chuva forte, os moradores ficam em estado de alerta. A força da água causa o deslizamento de um barranco que há nos fundos. Há casas que são invadidas pela lama.

Sandra Ferreira da Silva, 38, é vizinha de Zirei. Ela mora com dez filhos em uma casa que também corre o risco de desabar. “Quando chove, eu venho aqui pra frente da casa temendo que esse barranco desabe sobre nós”, contou a mulher. 

O gari Márcio disse que a casa dele era de madeira onde morava com a esposa. Por volta das 21h estava chovendo e os dois já estavam deitados quando ouviram a casa estralando e de repente parte da sala e cozinha desabou. “Saímos daqui as pressas”, disse mostrando as rachaduras que há no terreno.

Foto: Junio Matos

Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.