Publicidade
Manaus Hoje
EXECUÇÃO

Pedreiro é assassinado a tiros por motoqueiro enquanto ia para o trabalho em Manaus

A vítima caminhava por rua na Cidade de Deus junto de outro pedreiro quando abordada pelo assassino. Segundo a polícia, a suspeita é que o crime tenha motivações passionais 04/10/2018 às 10:37
Show 60772713 9ff1 4e1c 9711 cd75015dc367 e7f1f5c2 ecf8 43f2 bf6b 6a393f2fba27
Foto: Divulgação
Larissa Golvin Manaus (AM)

O pedreiro Agno Jorge Oliveira de Andrade, de 50 anos, conhecido como “Coquinha”, foi assassinado a tiros enquanto estava indo para o trabalho na manhã desta quinta-feira (4), em Manaus, por volta de 6h. A vítima caminhava pela rua Brasil, na comunidade Nossa Senhora de Fátima, no bairro Cidade de Deus, Zona Leste, quando foi abordado pelo assassino, que estava em uma motocicleta e atirou quatro vezes. Segundo a polícia, a suspeita é que o crime tenha motivações passionais.

Conforme o relato de testemunhas, o suspeito abordou a vítima e fez perguntas a ele. Depois, o homem sacou a arma e atirou quatro vezes contra a vítima, que morreu na hora. Agno estava acompanhado de um amigo, que também é pedreiro, mas não foi atingido pelos disparos. O suspeito do crime fugiu.

Uma das linhas de investigação é que Agno estaria se envolvendo com uma mulher e a mesma seria esposa de um traficante da área. A perícia criminal informou à reportagem que os quatro disparos atingiram a cabeça, o peito e as costas do pedreiro. O corpo foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML) e a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) investiga o caso.

Publicidade
Publicidade