Sábado, 16 de Novembro de 2019
ABUSO SEXUAL

Pedreiro é preso por estuprar filhas; vítimas eram obrigadas a assistirem pornôs

Crianças tinham 4 e 10 anos na época dos abusos. Homem foi condenado em segunda instância a 18 anos de prisão



caso_estuprador_6E6B8CA1-B65E-43C9-8E4F-27AB417F2EC6.JPG Foto: Winnetou Almeida
29/05/2019 às 15:01

Um pedreiro de 55 anos foi preso por abusar sexualmente de suas duas filhas, que a época do crime tinham 4 e 10 anos. A polícia informou que o homem pedia que as filhas se comportassem como mulheres mais velhas e até que assistissem a filmes eróticos com ele. Homem foi preso no bairro da Paz, na Zona Centro-Oeste de Manaus.

O delegado Costa e Silva, do 4° Distrito Integrado de Polícia (DIP), responsável pela prisão do homem que já havia sido condenado a 18 anos, em segunda instância, afirmou que as crianças contaram para familiares, que não acreditaram na versão dada pelas menores. Só após algum tempo, depois que contaram novamente para avó, foi dada credibilidades nos relatos e a família procurou a polícia. Após o laudo pericial de conjunção carnal, foi constatada a veracidade da denúncia.



“Ele pedia que elas assistissem junto a ele a filmes pornográficos em que mulheres se beijavam e até pedia que elas usassem batons. Nós da polícia, ainda nos assustamos com tamanha loucura desses casos”, informou o delegado.

O pedreiro nega qualquer violência sexual contras as filhas, mas segundo o delegado, outras crianças, primas das vítimas, foram testemunhas oculares do crime.

Como já havia sido condenado a 18 anos e seis meses, ele deverá ser encaminhado para o Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), no quilômetro 8 da BR-174.

News portal1 d3f1dcdd 89ab 46c6 9fcb 20a7cf4ebac3
Repórter de Polícia do jornal Manaus Hoje

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.