Publicidade
Manaus Hoje
LATROCÍNIO

Pedreiro morre com tiro no rosto ao levantar braços para dar cordão a assaltante

Um dos bandidos se assustou e atirou na vítima de 37 anos, que estava em pé na frente de casa, no bairro São José 08/11/2017 às 10:10 - Atualizado em 08/11/2017 às 10:10
Show fbbbaaeb dc79 45cc ba6e 578c78146378
Foto: Jander Robson
Dani Brito Manaus (AM)

O pedreiro Aldione Silva de Paula, de 37 anos, morreu com um tiro no rosto na tarde de ontem (7), em Manaus, durante um latrocínio, roubo seguido de morte, na frente à casa onde ele morava, na rua Curica, bairro São José, Zona Leste de Manaus.

De acordo com moradores do local, o pedreiro estava em pé na frente da residência quando dois homens chegaram ao local em uma motocicleta e anunciaram um assalto. No momento em que a vítima levantou os braços para tirar o cordão e entregar aos bandidos, um deles se assustou e atirou na direção do rosto da vítima.

Vizinhos do pedreiro ainda chegaram a socorrê-lo e levá-lo para o Hospital e Pronto Socorro Dr. João Lúcio, porém, por volta das 14h45 ele não resistiu aos ferimentos e morreu.

Familiares da vítima não foram encontrados pela reportagem para falar sobre o crime. Desde a hora do crime, eles saíram da residência e não retornaram mais, conforme vizinhos.

O caso foi registrado na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Publicidade
Publicidade