Publicidade
Manaus Hoje
Quase duas toneladas

Maior apreensão de drogas da PF na história do Amazonas é avaliada em R$ 14 milhões

Valor seria suficiente para comprar uma mansão de 3.600 m2 em São Paulo, cinco carros Ferrari e dois aviões a jato 01/12/2016 às 10:33 - Atualizado em 01/12/2016 às 10:39
Show show drogas088
Estimativa de valor foi confirmada pelo delegado Caio Avanço, titular da DRE-AM. Esta foi a maior apreensão de drogas da história do Amazonas (Foto: Divulgação)
Vinicius Leal e Joana Queiroz Manaus (AM)

Quase duas toneladas de entorpecentes foram apreendidas Polícia Federal ontem, quarta-feira (30), em Manaus, considerada a maior apreensão de drogas da história do Amazonas. O material, pesando exatamente 1,913 tonelada, valeria no mercado cerca de R$ 14 milhões, conforme informou o delegado Caio Avanço, titular Delegacia de Repressão a Entorpecentes do Amazonas (DRE/AM).

O valor de R$ 14 milhões seria suficiente para comprar uma mansão de 3.600 m2 em Alphaville, em São Paulo, com seis amplas suítes e uma mina de água; daria para comprar também cinco carros da marca italiana Ferrari, modelo 599 GTB Fiorano – cada veículo custa R$ 2,5 milhões; e também dois aviões a jato executivos Phenon 100 da Embraer, com espaço para seis ocupantes – cada aeronave sai a R$ 6,44 milhões.

Entre os entorpecentes apreendidos havia maconha tipo skunk e também cocaína, tudo de origem colombiana. Parte da droga estava sendo transportados em uma lancha e, durante a abordagem da polícia, os criminosos resistiram e efetuaram diversos disparos de fuzil contra a equipe de policiais federais. Mesmo assim, todos foram presos, sem nenhum ferido. Os nomes dos presos não foram divulgados.

Em poder dos criminosos, além da droga, foram encontradas também granadas explosivas de mão e diversas munições de fuzil de calibre 12. O restante da droga foi localizado às margens do Rio Solimões, próximo do local da abordagem. Lá, também foi encontrado um fuzil AR-15 e centenas de munições. Os presos foram indiciados por tráfico internacional de drogas, associação ao tráfico, porte ilegal de armas e tentativa de homicídio.

Publicidade
Publicidade