Publicidade
Manaus Hoje
Avaliadas em R$ 6,7 milhões

Polícia Federal prende dupla com 450 kg de cocaína pura em Novo Airão

Em patrulhamento, os agentes abordaram uma lancha de alumínio de oito metros de comprimento que transportava, quando encontraram a droga, que estava coberta com um plástico 23/04/2016 às 12:12 - Atualizado em 23/04/2016 às 12:15
Show 20160423090611
Foto: Divulgação/PF
Joana Queiroz Manaus (AM)

Um brasileiro e um colombiano de identidades não reveladas foram presos em flagrante pela Polícia Federal transportando 450 quilos de cloridrato de cocaína, brilho, tipo importação. De acordo com o delegado de Polícia Federal Caio Avanço, a droga tem alto teor de pureza e estava com a logomarca do laboratório fornecedor,  o algarismo 7 impresso na própria droga e estava avaliada em R$ 6,750 milhões.

A apreensão ocorreu por volta das 22h30 de quinta-feira, no rio Negro, acima do município de Novo Airão, na altura do Parque Nacional do Jaú e é  resultado de investigação da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE), conforme informou Caio Avanço.

O delegado informou que policiais federais que faziam patrulhamento no rio Negro abordaram uma lancha de alumínio medindo aproximadamente oito metros de comprimento que transportava os dois homens e a droga que estava acondicionada no centro da embarcação coberta com um plástico.

Durante a revista na embarcação descobriram que se tratava de um carregamento de droga. Os presos e a droga foram encaminhados à Superintendência da Polícia Federal no conjunto D. Pedro II, Zona Centro-Oeste, onde os mesmos foram autuados pelo crime de tráfico internacional de droga.

 Durante o interrogatório os presos revelaram que embarcaram a droga em Santa Isabel do Rio Negro, mas não revelaram que ia recebê-la. Eles disseram ainda que a droga é do tipo mais puro de cocaína, de alto valor no mercado do tráfico onde é conhecida domo “cristal”.

Publicidade
Publicidade