Publicidade
Manaus Hoje
PIRATAS

‘Piratas do Rio Negro’ são presos suspeitos de roubos a embarcações na região

Segundo a polícia, os seis homens são envolvidos na morte do tripulante de uma balsa durante um assalto. Na ocasião eles levaram celulares, dinheiro, armas de fogo dos vigilantes e 10 mil litros de combustível 12/03/2019 às 12:44
Show ddb93c0d c7f5 40af 917c fbb7bddf2fdf 3f3b1556 df58 4142 ba79 0c3d0400ce6e
Foto: Jander Robson
Márcia Monteiro Manaus (AM)

Seis homens presos na Operação “Piratas do Rio Negro” foram apresentados manhã de hoje (12) pela Polícia Civil do Amazonas. Eles, segundo a polícia, são envolvidos em roubos a embarcações que navegam pelos rios da região.

A ação policial foi desencadeada pela Delegacia Fluvial (Deflu), com a Delegacia Especializada em Roubos Furtos e Defraudações (Derfd). Os presos são Marcelo Oliveira Martins, 20; Bruno Garcia de Oliveira, 23; Leandro Monteiro de Oliveira, 25; Silvio Castro da Silva, 29, chamado de “Branco”; Thiago da Silva Coimbra, 30, e Francisco Monteiro Rodrigues, 25.

Todos, de acordo com o delegado Demétrius Queiroz, são envolvidos na morte de Ademir Monteiro dos Santos, de 66 anos, tripulante da balsa Galo da Serra. Na ocasião do crime, conforme a polícia, os homens invadiram a balsa, próximo à Ilha do Marapatá, no Rio Negro, e roubaram do local celulares, dinheiro, armas de fogo dos vigilantes e 10 mil litros de combustível.

Depois do crime, os homens fugiram, mas, antes, mataram Ademir mesmo ele não tendo reagido, segundo a polícia. Um vigilante da balsa também ficou ferido com o tiro que atravessou o tórax.

Segundo delegado Demétrius Queiroz, as investigações começaram a cerca de dois meses. As prisões foram realizadas em quatro bairros de Manaus e no município de Manacapuru. Ainda segundo o delegado, a maioria dos envolvidos não tinha passagem pela polícia, mas são altamente violentos e atuam como assaltantes nos rios durante as madrugadas.

Os seis homens foram autuados por latrocínio e organização criminosa e serão encaminhados ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), presídio localizado no Km 8 da BR-174.

Publicidade
Publicidade