Publicidade
Manaus Hoje
Registrado em vídeo

Policiais são denunciados por agressão a irmãos, em Santa Isabel do Rio Negro

Cenas de violência que aconteceram em março serão investigadas. Um sargento e dois soldados foram filmados por vizinhos agredindo dois irmãos 23/04/2016 às 05:35 - Atualizado em 23/04/2016 às 10:15
Show img 20160417 wa0009
Irmãos ficaram com hematomas pelos corpo, provocado pelas agressões dos policiais
Kelly Melo Manaus (AM)

O Ministério Público do Amazonas (MP-AM) requisitou à Polícia Civil, no Município de Santa Isabel do Rio Negro (distante 846 quilômetros de Manaus), a abertura de um inquérito para apurar denúncias contra três policiais militares, suspeitos de agredirem dois irmãos de 36 e 39 anos. A agressão ocorreu no fim do mês de março e foi filmada por moradores. A família cobra justiça.

As imagens mostram que os irmãos estavam rendidos no chão e cercados pelos policiais, que iniciam a sessão de chutes e socos. Apenas um deles, identificado como sargento José Aparecido Lima, aparece fardado. Os outros dois, os soldados José Roberto Pinheiro de Oliveira e Miguel Mendes de Souza Júnior, que estavam à paisana, ajudaram a imobilizar os irmãos e não impediram que o sargento os agredissem.

De acordo com familiares das vítimas, a confusão começou após  uma discussão entre os irmãos e um vizinho. “Eles não estavam se batendo, mas estavam discutindo. Alguém chamou a polícia e, quando eles chegaram, meus irmãos correram. Os policiais conseguiram pegá-los e bateram muito neles, sem necessidade”, denunciou uma irmã das vítimas, que afirmou que os dois ainda chegaram a serem levados presos e ficaram quatro dias detidos. “Até hoje eles sentem dores pelo corpo devido às porradas que levaram. Isso não pode ficar assim”, disse.

Registros

Conforme o boletim de ocorrência, os irmãos foram levados à delegacia por terem agredido o vizinho e por terem resistido à prisão. Revoltados com o descaso, a família levou o caso à Promotoria do município, que no início da semana passada pediu a abertura de um inquérito para a apuração dos fatos.

O delegado de Santa Isabel, Aldiney de Brito Nogueira, confirmou que recebeu ofício do MP e convocou as vítimas para serem ouvidas e, no mesmo dia, encaminhou-os para realizarem exames de corpo de delito. Nogueira também informou que comunicou a denúncia ao comando da 6ª Companhia Independente da Polícia Militar e que os fatos estão sendo apurados.

Em nota, o Comando-Geral da Polícia Militar informou que foi instaurado um Inquérito Policial Militar (IPM) pela Diretoria de Justiça e Disciplina (DJD) para que a denúncia seja investigada. No entanto, os policiais denunciados permanecem em suas atividades.

Recomendação

A promotoria de Santa Isabel do Rio Negro afirma que o episódio em que os policiais militares aparecem agredindo os irmãos de 36 e 39 anos foi considerado atípico, visto que denúncias como essas não são comuns no município. O MP recomendou que o caso seja apurado pela Polícia Civil e pela Polícia Militar para evitar que casos como esse se repitam na cidade.

Publicidade
Publicidade