Quinta-feira, 18 de Julho de 2019
ADOLESCENTES

Polícia apreende adolescentes envolvidos em homicídio de criança de 12 anos no Tarumã

Segundo a polícia, uma garota de 15 anos e três jovens de 13, 14 e 17 anos mataram a criança de 12 com mais de 30 facadas



e52b430a-9265-4a62-8783-41a6d1f3818b.jpg Foto: Divulgação
20/09/2017 às 15:50

A Polícia Civil apreendeu na tarde desta terça-feira (19), em Manaus, dois adolescentes, uma garota de 15 anos e um rapaz 17, envolvidos no homicídio de uma criança de 12 anos ocorrido no dia 6 de setembro deste ano, em uma área verde na avenida do Turismo, no bairro Tarumã, Zona Oeste. A vítima, Geisiane dos Santos Ferreira, foi morta com mais de 30 facadas.

A apreensão dos dois adolescentes foi efetuada pela Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (Deaai), sob o comando da delegada titular Elizabeth de Paula. De acordo com a delegada, o rapaz de 17 anos confessou o crime e disse que a vítima o teria denunciado para um traficante da área, informando que ele teria furtado a motocicleta de um homem envolvido com o tráfico de drogas naquela região. Por conta disso, ele estava sendo ameaçado de morte.

“O adolescente de 17 anos confessou ter convidado a vítima para lanchar e chamado o ex-namorado dela, de 13 anos. Em determinado momento, os infratores levaram Geisiane para uma área verde, no bairro Tarumã, onde golpearam a adolescente com mais de 30 facadas, desferidas em diferentes partes do corpo da vítima”, explicou a delegada.

Elizabeth de Paula ressaltou, ainda, que outros dois adolescentes, o ex-namorado da vítima, de 13 anos, e outro indivíduo de 14 anos, também foram apreendidos, na última segunda-feira (18) pela equipe da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS). Posteriormente a dupla foi levada para a Deaai, onde foram realizados os procedimentos cabíveis.

Em termo de declaração, o ex-namorado da vítima afirmou que a garota de 15 anos, apreendida hoje, foi quem planejou a morte de Geisiane, após a vítima ter furtado R$ 400 dela. Uma possível traição de Geisiane está sendo investigada como provável motivação do crime, segundo a delegada.

Representantes do Ministério Público do Estado do Amazonas (MP-AM) deram parecer favorável à internação dos menores infratores em uma unidade de internação provisória na capital. Eles irão responder por ato infracional análogo ao crime de homicídio.

*Com informações da assessoria de imprensa

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.