Publicidade
Manaus Hoje
Centro-Sul Mais Segura

Polícia Civil prende homem por adulteração de chassi durante operação em Manaus

A Operação “Centro-Sul Mais Segura”, deflagrada na av. Prof. Nilton Lins e na av. Constantino Nery, teve o objetivo de apreender veículos irregulares, geralmente usados para roubos na cidade 28/06/2016 às 15:01 - Atualizado em 28/06/2016 às 15:09
Show 26481eff d8f9 4c09 864e 7f15b06d66a7
A operação teve o objetivo de apreender veículos irregulares, geralmente usados para roubos na cidade (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
acritica.com

A Polícia Civil do Amazonas deflagrou na madrugada desta terça-feira (28) a Operação “Centro-Sul Mais Segura”, ocorrida simultaneamente em pontos da avenida Professor Nilton Lins, bairro Flores, e avenida Constantino Nery, bairro Chapada.

Durante a operação, Márcio de Souza Sobreira, 31, foi preso em flagrante por adulteração de sinal identificador de veículo automotor. A prisão dele ocorreu na av. Professor Nilton Lins, no momento em que ele conduzia uma motocicleta Honda 125 Fan KS de placa 0AJ-9836.

O homem foi conduzido ao 12º DIP, onde foram realizados os procedimentos cabíveis. Ele assinou Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e foi liberado em seguida para responder pelo crime em liberdade.

A Operação “Centro-Sul Mais Segura” foi coordenada pelos delegados Virgílio Mendonça, Andreia Rego e Rafael Guevara, titulares, respectivamente, da 5ª Seccional Centro-Sul, 22° Distrito Integrado de Polícia (DIP) e 12° DIP.

Conforme Virgílio Mendonça, o objetivo da operação foi apreender veículos automotores em situação irregular, em função da utilização de automóveis roubados em práticas criminosas na cidade.O titular da 5ª Seccional Centro-Sul ressaltou que durante as diligências os condutores de 30 carros e 20 motos foram notificados por algum tipo de pendência administrativa junto ao Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM).

“A operação teve um resultado positivo, pois tirou de circulação veículos em situação irregular. Contamos com a participação de policiais civis lotados no 12º, 16º, 22º, 23º DIPs, além de policiais militares da 12ª e 22ª Companhias Interativas Comunitárias (Cicoms) e o apoio da diretoria operacional do Detran-AM”, ressaltou Mendonça.

Para a delegada titular do 22° DIP, Andreia Rego, muitos infratores têm utilizado motocicletas para abordar as vítimas e cometer roubos em Manaus. “A incidência desse tipo de crime é bastante significativa pela parte da manhã, horário em que muitas pessoas estão se deslocando para o trabalho”, disse.

Abordada ao longo da ação e posteriormente liberada, após os policiais constatarem a legalidade dos documentos apresentados, a consultora de vendas Miriam Gonçalves parabenizou a iniciativa. “Fui roubada por um motoqueiro na semana passada e considero muito importante esse trabalho preventivo que está sendo realizado em avenidas movimentadas da capital”, pontuou.

Publicidade
Publicidade