Terça-feira, 21 de Maio de 2019
VINGANÇA

Polícia Civil prende homem suspeito de matar ‘parceiro’ do tráfico de drogas em Manaus

Rafael Castro, 23, é apontado por ser o atirador que matou Geones Magna da Silva, 21, morto na última segunda-feira (19) na capital



8630df5b-46ec-4eb6-bc11-50847945b31f.jpg
A prisão ocorreu em cumprimento de mandado de prisão (Foto: Jander Robson)
23/12/2016 às 11:58

Rafael Castro Miranda, de 23 anos, foi preso no início da manhã desta sexta-feira (23) em Manaus, em cumprimento a mandado de prisão, no momento em que saia de casa, no beco Dom Milson, bairro Cidade de Deus, na Zona Norte da cidade. Ele é apontado por ser o atirador que matou Geones Magna da Silva, 21, morto na última segunda-feira (19) na capital.

A vítima, Geones Magna, foi assassinada na frente da casa onde morava, na comunidade Fazendinha, Zona Norte da capital. De acordo com o delegado Jander Mafra, do 13º Distrito Integrado de Polícia (DIP), responsável pelas investigações e pela prisão, a motivação do crime estaria ligada a uma desavença entre Geones e um rapaz identificado como Ysaac Cohen.

Na foto ao lado, Ysaac Cohen, procurado pela polícia

“Os dois tinham sido presos há algum tempo por tráfico de drogas. Na ocasião, Geones teria colocado a culpa do fato em Ysaac”, destacou Mafra. Conforme o delegado, após os dois saíram da prisão, Ysaac resolveu se vingar de Geones e levou o caso a um comandante do tráfico de drogas na Zona Norte, que destacou Rafael para executar Geones.

Rafael foi preso em cumprimento a mandado de prisão e deverá ser levado para o Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM) ainda nesta sexta-feira (23). Ysaac e mais dois homens não identificados estão sendo procurados pelo envolvimento no assassinato de Geones.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.