Domingo, 19 de Janeiro de 2020
NO INTERIOR

Polícia desarticula grupo suspeito de comandar tráfico de drogas no AM

'Operação Vassoura de Bruxa 2' prendeu 15 suspeitos no Cacau Pirêra, em Iranduba. Entre os presos está "Nego Wala", que seria o traficante que comandava pontos de venda de drogas na região



WhatsApp_Image_2019-12-12_at_11.03.02__1__9CA8036E-A598-4559-9E1E-A85BCD83081A.jpeg Foto: Jair Araújo
12/12/2019 às 11:52

A Polícia Civil deflagrou na manhã desta quinta-feira (12) a Operação "Vassoura de Bruxa 2" no Distrito de Cacau Pirêra, município de Iranduba, distante 27 quilômetros da capital. Foram presas 15 pessoas sendo 12 em cumprimento de mandados de prisão preventiva por tráfico de drogas e 3 foram presos em flagrante. Dentre eles está o "Nego Wala" que seria o traficante que comandava pontos de venda de drogas na região.

De acordo com o delegado Antonio Chicre Neto, titular do Posto de Policiamento Integrado (PPI) do Distrito de Cacau, as investigações começaram há 10 meses. A policia descobriu um grupo em uma rede social com o nome "Amigos do Iran L7". Iran seria referente ao município de Iranduba e L7 seria uma referência a Luciano Fernandes, filho de José Roberto Fernandes, o Zé Roberto da Compansa" ambos traficantes condenados e líderes da facção criminosa "Família do Norte" (FDN)



A policia teve acesso ao grupo quando um membro foi preso há 8 meses. A polícia conseguiu quebra de sigilo telefonico e começou a monitorar as mensagens mandadas no grupo e identificou os suspeitos.

Segundo o Delegado, "Nego Wala" comandava o tráfico de drogas, comora e venda de armamento e ordenava assaltos e homicídios na área do Cacau Pirêra. Durante esses 10 meses, a policia colheu provas e pediu o mandado de prisão da organização criminosa. Foram expedidos 12 mandados de prisão preventiva e 17 de busca e apreensão. Os 12 mandados de prisão foram cumoridos e mais 3 foram presos em flagrante.

Ao todo foram presos 15 pessos: Albertina Duque Coelho Belmiro, 54; Camila Araújo Rodrigues, 24; Priscila Felix da Cunha; Verônica Nilce Bastros Freire, 52; Luana da Silva Felix; Djair Miranda Vidal, 23; Eliel da Cruz Reis, 34; Francisco Keven dos Santos Pereira, 19; Jonathan Costa Guimarães, José Edvandro dos Santos Pereira, 22; João Paulo Sales de Azevedo; Mailson Soares Jardim, 30; Nedilson Soares Jardim, 25; Rafael Junio Campos Santos, 22; e Walace Felix da Cunha, 40; vulgo "Nego Wala" o lider do grupo.

Com o chefe do tráfico foi apreendido o revólver calibre 38 e 3 munições. Com Nadielson foram apreendidas 2 porções de maconha. Camila foi encontrada com drogas e uma quantia de 40 reais proveniente do tráfico de drogas. Mailson estava com 4 porções de maconha, cinco munições, 406 reais provenientes do tráfico. 

O grupo foi indiciado por tráfico de drogas. "Nego Wala" vai responder por porte ilegal de arma de fogo e Mailson por porte ilegal de munições. Todos vão ser levados ao 31 Distrito Integrado de polícia em Iranduba e vão ficar a disposição da justiça

News mark 33e2e16a 10de 400f 92c3 ec9d554e6edf
Repórter de A CRÍTICA

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.