Quarta-feira, 03 de Junho de 2020
ZONA CENTRO-OESTE

Polícia fecha laboratório de refino de cocaína no conjunto Hileia

No local, foram apreendidos 12 quilos de entorpecentes, sendo nove quilos de cocaína pura (brilho) e três de maconha do tipo skank além de material utilizado no refino da droga



WhatsApp_Image_2020-03-27_at_17.42.14_0478B36F-A36F-4D80-BC51-B0FE377A454C.jpeg Foto: Divulgação
27/03/2020 às 18:11

Policiais do Departamento Estadual de Prevenção e Repressão ao Narcotráfico (Denarc) desarticularam um laboratório de refino de cocaína que funcionava em uma residência no conjunto Hileia, Zona Centro-Oeste de Manaus.

No local, foram apreendidos 12 quilos de entorpecentes, sendo nove quilos de cocaína pura (brilho) e três de maconha do tipo skank além de material utilizado no refino, bicarbonato, peneiras industriais e uma estufa.



Ranieri da Silva Pinheiro, 35, foi preso em flagrante depois de ter confessado ser o químico de uma organização criminosa e responsável pelo laboratório.

De acordo com o titular do Denarc, delegado Paulo Mavignier, a aprensão ocorreu por volta de 12h15 de hoje (27) e foi resultado de investigação. 

Conforme ao delegado, a polícia descobriu que a residência servia como depósito de droga. Quando os policiais chegaram ao local, encontraram Ranieri na casa e, depois de uma conversa com os policiais, o homem acabou confessando que estava com a droga.

O criminoso confessou que ia receber R$ 4 mil para transformar os 9 quilos de cocaína em 27. A droga seria para abastecer as bocas de fumo da cidade.

Raniere foi conduzido para a sede do Denarc e amanhã será levado para a audiência de costados. O mesmo, há dois anos foi preso guardando um fuzil para a facção.

Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.