Sexta-feira, 27 de Novembro de 2020
Mandados

Polícia prende acusados de estupro de vulnerável em Manaus

Dois homens foram presos em cumprimento de mandados condenatórios e outro foi preso em flagrante na manhã desta quarta-feira (21)



Depca_00150660_0_6E44D2C1-04D2-4437-9093-12C184301799.jpg Foto: Reprodução/Internet
21/10/2020 às 20:59

Dois homens foram presos em cumprimento de mandados condenatórios e outro foi preso em flagrante na manhã desta quarta-feira (21), pela equipe de investigação da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca). Eles são acusados pelo crime de estupro de vulnerável.

De acordo com a delegada Joyce Coelho, titular da especializada, as prisões ocorreram em pontos distintos da capital amazonense. O primeiro a ser preso foi um idoso, 68, por volta das 6h, no bairro Cidade de Deus, na Zona Norte, em razão de setença condenatória.



"O idoso abusou sexualmente da sobrinha no ano de 2008, ocasião que tinha seis anos. Os abusos sexuais aconteciam quando ele ficava sozinho com a criança", explicou a delegada.

O segundo cumprimento da ordem judicial aconteceu por volta das 10h30, nas dependências de um shopping na Zona Norte. Um homem de 32 anos era investigado por abusar sexualmente da ex-enteada, quando ela tinha entre 10 e 14 anos.

"Em depoimentos, a vítima relatou que os estupros iniciaram no ano de 2012, sendo denunciados em 2016. A violência sexual eram praticados na residência da família, no bairro Novo Aleixo, na Zona Norte", disse a autoridade policial.

As ordens judiciais em nome do idoso e do outro homem foram expedidos, respectivamente, nos dias 21 de agosto e 02 de outubro deste ano, pelo juiz Ian Andrezzo Dutra, da 1ª Vara Especializada em Crimes contra Dignidade Sexual de Crianças e Adolescentes.

Por volta das 5h, um jovem de 21 anos foi preso após ser acusado de estuprar a própria vizinha, uma adolescente de 15 anos. O crime ocorreu no bairro Parque Dez de Novembro, na Zona Centro-Sul da capial.

A delegada Joyce Coelho informou que o homem invadiu o quarto da adolescente, após cortar a tela de proteção da varanda do apartamento.

"Assustada, a jovem gritou e começou a chorar, chamando atenção do irmão e dos pais. Ao perceber a movimentação, o vizinho fugiu, mas foi reconhecido", revelou.

Uma equipe de policiais militares da 23ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) foi acionada e prendeu o vizinho, que já estava no apartamento. A princípio, ele negou o crime.

"Pelo fato de serem vizinhos, a vítima deverá solicitar medida protetiva. O pedido é uma das formas de coibir a violência e proteger a vítima, garantindo a integridade física", ressaltou a delegada Joyce Coelho.

Procedimentos

O idoso foi condenado a 15 anos e sete meses de prisão, em regime fechado, pelo crime de estupro de vulnerável. Após passar pela Central de Recebimento e Triagem (CRT), ele ficará à disposição da Justiça. Outros dois homens também passarão pela triagem e cadastro durante os procedimentos.

 


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.