Quarta-feira, 22 de Janeiro de 2020
ZONA SUL

Polícia prende dupla por roubo de celular; vítima levou tiro no peito

A dupla apresentada foi presa pelo envolvimento na tentativa de latrocínio de uma jovem de 20 anos. Ao roubar o celular da vitima Benjamin Neto Glória da Silva, 21 anos, atirou no peito da moça.



WhatsApp_Image_2019-12-11_at_10.10.56_6D86A601-B8A9-42FE-8E4A-86765D030663.jpeg Foto: Jair Araújo
11/12/2019 às 13:05

Benjamin Neto Glória da Silva, 21 anos, e Luan Daniel Hiuaraqui da Silva, 20 anos, foram apresentados no inicio da tarde desta quarta-feira (11) no 4º Distrito Integrado de Polícia (DIP). A dupla apresentada foi presa pelo envolvimento na tentativa de latrocínio de uma jovem de 20 anos. Ao roubar o celular da vitima Benjamin atirou no peito da moça.

Luan seria o dono da motocicleta que no momento do crime, era pilotada por um adolescente menor de idade. Segundo o delegado de Polícia Civil, Rafael Costa e Silva, titular do 4º DIP o crime aconteceu no dia 12 de novembro, enquanto a vítima estava a caminho de uma academia, localizada na Rua Felismino Soares, Bairro Colônia Oliveira Machado, Zona Sul. Benjamin e Luan foram presos na tarde de terça-feira (10).



Beijamin chegou em uma moto da marca Yamaha, modelo fazer, de cor vermelha, de placa JXM-2256, pilotada por uma adolescente. Benjamin então desceu do veículo, pediu o celular da vítima e em seguida atirou contra ela. A mulher foi socorrida e encaminhada ao Hospital e Pronto Socorro Doutor João Lúcio Pereira Machado, na Zona Leste. A jovem ainda ficou por uns dias internada na unidade hospitalar e liberada para tratamento domiciliar.

Foto: Jair Araújo

Prisões

Segundo o delegado Rafael Costa e Silva, as investigações começaram por conta de uma câmera de segurança instalada próxima ao local do crime ter registrado o fato. O video viralizou nas redes sociais. Foi aí que uma pessoa entrou em contato com a delegacia e informou que a moto que aparecia no vídeo, estava circulando pelo Bairro Gilberto Mestrinho, Zona Leste.

Os policiais foram ate a rua informada e esperaram a moto passar. Quando avistaram a motocicleta, Luan estava pilotando o veículo. Ele disse que teria emprestado a moto a Benjamim. No entanto, em conversa por uma rede social, rastreadas pelos policiais civis demonstraram que Luan sabia do crime e que o dinheiro da venda do telefone celular, foi dividido entre os três.

Os policiais então levaram a foto de Benjamim para ser reconhecido pela vítima. Após a confirmação, o delegado solicitou à Justiça a expedição do Mandado de prisão preventiva.  Na tarde de ontem (10), Benjamim foi preso na Rua El Salvador, bairro Nova Cidade. Já Luan, foi preso após ter sido notificado para comparecer à delegacia. O terceiro suspeito, que e menor de idade já foi identificado e deve ser apreendido após expedição de mandato de busca e apreensão

Luan e Benjamim foram indiciados por tentativa de latrocínio e serão submetidos à Audiência de Custódia, no fórum Ministro Henoch da Silva Reis,  e ficarão à disposição da Justiça. Após a apreensão do adolescente, ele deverá ser encaminhado a Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (Deaai).

News mark 33e2e16a 10de 400f 92c3 ec9d554e6edf
Repórter de A CRÍTICA

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.