Sexta-feira, 13 de Dezembro de 2019
QUADRILHA

Polícia prende grupo acusado de trabalhar para o narcotraficante João Branco

Um dos presos já fez a escolta do narcotraficante, de acordo com a investigação policial. Grupo estava com três pistolas e um revólver



WhatsApp_Image_2017-07-07_at_16.11.34.jpeg O grupo deve responder por associação criminosa e porte ilegal de arma de fogo (Foto: Erlon Rodrigues / PC)
07/07/2017 às 16:36

Alexandre de Oliveira Lemos, 35, o “Gordinho”, Dioquides Morreira Souza, 29, o “Dion”; Fredison Santiago Ribeiro, 31; Jesson Rodrigues dos Santos, 33, o “Gelson”; Gesson Souza da Silva, 32; Glauter Jorge de Oliveira, 27, e Migueias Nascimento Ramires, 32, foram presos em flagrante com três pistolas calibre ponto 40 e um revólver calibre 38. O grupo tem como líder o narcotraficante João Pinto Carioca, o João Branco, segundo a polícia.

A prisão do grupo foi realizada na noite de quinta-feira em um bar na rua Graciliano Ramos, na comunidade Novo Reino, bairro Tancredo Neves, Zona Leste. De acordo com o delegado Dennis Pinho, do Departamento de Repreensão ao Crime Organizado (DRCO), Alexandre havia sido preso no dia 25 de fevereiro pela Polícia Federal. Ele fazia a escolta de "João Branco".



O delegado Guilherme Torres informou que o grupo ostentava no bar momento antes da chegada da polícia. Em depoimento, os presos negaram envolvimento com João Branco, mas o departamento possui informações de que eles ainda estão ligados ao narcotraficante. O grupo deve responder por associação criminosa e porte ilegal de arma de fogo.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.