Publicidade
Manaus Hoje
Funcionária do local

Polícia prende mãe e filha envolvidas em roubo a bar na av. das Torres

A filha trabalhava como caixa do bar e repassou informações para três comparsas efetuarem o crime. A mãe dava a própria casa para reunir e planejar o assalto 14/06/2016 às 16:52 - Atualizado em 14/06/2016 às 17:11
Show ff0a16dc c3ef 43bf afc2 a6f08684c89e
(Foto: Kamyla Gomes)
Kamyla Gomes Manaus

A Polícia Civil do Amazonas prendeu por mandado judicial duas mulheres, mãe e filha, envolvidas em um roubo a um bar na av. das Torres, na Zona Centro-Sul de Manaus, ocorrido no dia 25 de março. Durante as prisões também foi capturado um homem suspeito de tráfico de drogas e porte ilegal de arma.

A mãe, Karla Fabiane Castro Xaud, 36, e a filha, Ana Caroline Castro Xaud, 18, foram presas por policiais do 12º Distrito Integrado de Polícia (DIP), na manhã de ontem, em cumprimento de mandado de prisão. As duas foram pegas quando estavam em uma residência no bairro Flores. O homem preso, em flagrante, por tráfico de drogas e porte de arma de fogo é Gabriel Gouveia Almeida, de 26 anos.

Segundo o delegado Rafael Guevara, titular do 12º DIP, Ana, a filha, era funcionária do bar e trabalhava como caixa no local. A moça, segundo a polícia, repassou informações para três homens a fim de que o roubo fosse consumado. Os três comparsas estão foragidos e sendo procurados.


Os três suspeitos do roubo foragidos (na ordem): Lucas, 22, o “Coco”, Tiago, 18, e Fabrício, 23

Conforme o delegado Rafael Guevara, a mãe, Karla, também ajudou no crime. Ela disponibilizava a própria casa como local de encontro para todos arquitetarem o roubo ao bar. Durante coletiva de imprensa na manhã de hoje, tanto a mãe quanto a filha não quiseram se manifestar sobre as acusações.

Segundo o delegado, no momento das prisões da mãe e da filha os policiais encontraram um aparelho de celular de uma delas, que continha mensagens trocadas com Gabriel, o que resultou na prisão dele. Nas mensagens, segundo o delegado, uma das mulheres pedia uma arma de fogo para realizar o roubo.

Ainda segundo informações do delegado, Gabriel não teve envolvimento direto no roubo e foi indiciado em flagrante por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo. Já a mãe e a filha foram indiciadas por roubo majorado e associação criminosa.

Os três comparsas no roubo foragidos são Lucas Cardoso Queiroz, 22, o “Coco”, Tiago Tavares Duarte, 18, e Fabrício Leal Lima, 23.

Publicidade
Publicidade