Publicidade
Manaus Hoje
OPERAÇÃO

Polícia prende sete pessoas e apreende armas, drogas e munições durante operação

Os policiais fizeram incursões em áreas apontadas pelo setor de Inteligência e barreiras em todas as zonas da capital 01/07/2018 às 15:17
Show 98
Foto: Divulgação
acritica.com

Em nova etapa da Operação Cavalo de Aço, as forças de segurança pública do Amazonas prenderam sete pessoas, incluindo um homicida, apreenderam drogas, balanças de precisão, e abordaram mais de 850 veículos e 2 mil pessoas, em ação coordenada pela Secretaria de Segurança (SSP-AM), entre quinta (28) e a madrugada deste domingo (1º), em Manaus.

Os policiais fizeram incursões em áreas apontadas pelo setor de Inteligência e barreiras policiais em todas as zonas da capital amazonense. Na noite de sexta (29), foi preso o foragido do sistema prisional Daniel Maik Miranda da Silva, de 27 anos, por policiais da Secretaria Executiva Adjunta de Operações (Seaop), da SSP-AM. De acordo com o denunciante, Daniel responde por roubo majorado e estava escondido em uma casa no bairro Riacho Doce 2, na Zona Norte.

Horas depois, foi preso William dos Santos Barbosa, na rua Santo Antônio, no bairro Cidade de Deus. A prisão também ocorreu após denúncia anônima e, na abordagem, os policiais constataram que havia dois mandados de prisão contra ele, sendo um por homicídio. Ele foi levado ao 15º Distrito Integrado de Polícia (DIP).

Entre a noite de sábado (30) e a madrugada de domingo (1), a operação resultou em outras cinco prisões. No bairro Alvorada 2, Diego Macedo Ribeiro, 32, foi denunciado por roubo a uma joalheria. Ele foi preso por policiais das Rondas Ostensivas Cândido Mariano (Rocam) com uma motocicleta usada no assalto, uma arma calibre 38, 13 munições intactas, R$ 3 mil em espécie e joias pertencentes à joalheria.

No bairro Redenção, na Zona Oeste, três pessoas com idades entre 17 e 35 anos foram detidas por policiais da Rocam após denúncia de que o trio estava comercializando entorpecentes no beco São Francisco. Raimunda Peixoto de Araújo, 35, e Jarlison Chaves Valente, 19, foram presos e um adolescente de 17 anos foi apreendido.

Com o grupo, os policiais encontraram uma arma de fabricação caseira, munição intacta calibre 28, 94 trouxinhas supostamente de cocaína, seis porções grandes supostamente de cocaína, cinco porções grandes supostamente de Skank, duas balanças de precisão, 2 quilos supostamente de cocaína, cinco celulares, um caderno de contabilidade e R$ 1.295,00 em espécie.

“A Secretaria de Segurança não medirá esforços para que a gente consiga diminuir os índices de criminalidade. Claro que há investigações em andamento, mas com essas operações a gente está intensificando o trabalho ostensivo”, afirmou a Secretária Executiva da SSP-AM, delegada Juliana Tuma, que destacou o trabalho integrado das forças de segurança.

Participaram da operação as polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros, Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM), Secretaria Executiva Adjunta de Operações (Seaop) e Secretaria Executiva Adjunta de Planejamento e Gestão Integrada (Seagi). “Estão todos trabalhando com o mesmo objetivo, que é inibir a criminalidade e reduzir o número de ocorrências”, afirmou Juliana Tuma.

Preso em hospital

Policiais da Seaop prenderam o suspeito de assalto a um ônibus do transporte público no bairro Nova Vitória, Adriano Campos Santana, 18. Ele foi ferido por um passageiro que reagiu ao assalto, com um canivete, mas que também acabou ferido por um dos criminosos. Tanto Adriano quanto o passageiro foram levados para o Hospital e Pronto Socorro Platão Araújo.

Após um acidente na avenida do Turismo, próximo ao Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, Kelvim Reis de Oliveira foi conduzido ao 19º DIP e autuado por embriaguez ao volante. De acordo com testemunhas, ele atingiu a traseira de um veículo que estava parado para a troca de estepe e o motorista do veículo, que teve lesão na perna esquerda e foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Continuidade

Segundo o secretário executivo de Operações, tenente-coronel da Polícia Militar, Klinger Paiva, o planejamento das operações passa pelo trabalho do setor de Estatística, comandando pela Secretaria Executiva Adjunta de Inteligência (Seai). “Nosso objetivo é prestar uma segurança de melhor qualidade à população e, por isso, temos todos os órgãos envolvidos”, disse.

Klinger Paiva também destacou a continuidade da operação, em Manaus, em paralelo à grande operação que ocorre no 53º Festival Folclórico de Parintins, do qual participam mais de 800 servidores, entre policiais civis, militares e bombeiros. “A polícia continua na rua, em todas as zonas da cidade, com o reforço do pessoal administrativo”, disse.

*Com informações da assessoria de imprensa

Publicidade
Publicidade