Publicidade
Manaus Hoje
TRIPLO HOMICÍDIO

Polícia prende último suspeito de matar trio decapitado e exibir imagens nas redes sociais

Dois homens já haviam sido presos e um adolescente apreendido. As vítimas foram torturadas e depois mortas a facadas em uma briga de facções rivais 05/12/2018 às 14:52 - Atualizado em 05/12/2018 às 14:57
Show 1cfcb83b b8cc 4c4e b8a1 d01293e8f1f7 4cc4a4ba a2fc 435c 9c60 5463ce2e14ee
Foto: Jander Robson
Márcia Monteiro Manaus (AM)

A Polícia Civil do Amazonas prendeu Hudson Araújo de Souza, de 22 anos, o último suspeito de decapitar e matar três pessoas no bairro Armando Mendes, Zona Leste de Manaus, em outubro deste ano, e depois exibir as imagens do crime nas redes sociais. Dois homens já haviam sido presos e um adolescente apreendido por envolvimento no triplo homicídio.

As vítimas Joedson Maia Nóbrega, 21, Emily de Souza Lima, 18, Lorena de Amaral de Souza, 18, foram torturadas e mortas a facadas e depois tiveram os corpos enterrados. Tudo foi filmado e as imagens macabras divulgadas nas redes sociais.

No dia 20 de outubro Paulo Henrique Porfírio de Souza, 19, e Pablo Lima Freitas, 22, foram presos e um adolescente de 15 anos foi apreendido por participação nos crimes.

Último a ser preso, Hudson foi pego durante cumprimento de mandado de prisão na quinta-feira passada (29) em um campo de futebol também no Armando Mendes. Segundo o delegado Orlando Amaral, titular Delegacia Especializada em Homicídios e seque Sequestros (DEHS), Hudson confessou em depoimento que torturou as vítimas com chutes e socos.

Na época das prisões dos primeiros suspeitos a Polícia Civil havia divulgado que o triplo homicídio tinha relação com briga entre facções criminosas rivais pelo domínio do tráfico de drogas em Manaus.

Hudson foi indiciado por homicídio qualificado e será encaminhado ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), no Km 8 da rodovia BR-174, onde ficará a disposição da Justiça.

O vídeo

Nas imagens divulgadas na internet e em grupos de WhastApp é possível ver os corpos das duas vítimas mulheres deitadas no chão sendo esfaqueadas, sendo que uma delas estava com as mãos amarradas. Na filmagem, que dura cerca de um minuto e meio, é possível ver quando um homem, de bermuda e com uma blusa amarrada no rosto, chega com uma faca e debruça sobre uma das garotas.

Em seguida ele desfere vários golpes de faca no pescoço da mesma como se quisesse arrancar a cabeça fora. Depois, o criminoso faz a mesma coisa com a outra mulher.

Publicidade
Publicidade