Publicidade
Manaus Hoje
INVESTIGAÇÕES

Polícia suspeita que execuções na BR-174 tenham ligação com o tráfico de drogas

O ex-presidiário Alexsandro Praia da Silva, o “Baby”, foi morto em casa, na frente dos filhos, enquanto Ricardo Almeida da Silva foi morto dentro do carro 02/10/2018 às 13:12 - Atualizado em 02/10/2018 às 13:24
Show whatsapp image 2018 10 02 at 13.04.56 98858aa0 9788 41fa a9f7 af02f10dba23
Joana Queiroz Manaus

Familiares identificaram na manhã de hoje os dois homens que foram assassinados a tiros na noite desta segunda-feira (1) na Zona Norte de Manaus, como sendo do ex-presidiário Alexsandro Praia da Silva, o “Baby”, de 40 anos, e Ricardo Almeida da Silva, 32.

Os mesmos foram executados com vários tiros por quatro homens que entraram no condomínio Verona, na avenida Professor Paulo Graça, BR-174, Tarumã, onde “Baby” morava. De acordo com familiares, os criminosos entraram com a autorização de moradores.

“Baby” foi morto dentro do apartamento dele, na frente dos filhos, enquanto Ricardo foi assassinado dentro do próprio carro. Familiares não quiseram falar com a imprensa sobre as vítimas e nem sobre as mortes.

O caso está sendo investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS). A polícia trabalha com a hipótese de crime motivado pelo tráfico de drogas.

Publicidade
Publicidade