Publicidade
Manaus Hoje
NO DIA DAS MÃES

População amarra e espanca homem suspeito de agredir a mãe, em Manaus

Segundo testemunhas, o homem, identificado apenas como Felipe, teria espancado a mãe, 86 anos, e duas tias, no Viver Melhor, neste domingo 14/05/2017 às 18:14
Show conjunto0333
(Foto: Antonio Lima)
Álik Menezes Manaus

Enquanto muitas famílias comemoravam o dia das mães, um homem, identificado apenas como Felipe, foi amarrado e espancado por moradores da comunidade Monte Horebe,  localizada atrás do conjunto Viver Melhor, no Santa Etelvina, após espancar a mãe dele, 86 anos, e duas tias.

Segundo a dona de casa Cristina Costa, 30, por volta das 11h da manhã deste domingo (14), mais de 15 pessoas espancaram e arrastaram o homem até a rua principal do conjunto Viver.  "Eles baterem nele e amarram até a polícia chegar", contou.

O homem, segundo Cristina, é alcoólatra e usuário de drogas conhecido na área por ser agressivo com as mulheres da família dele. "Por ele ser usuário de drogas, tem dias que ele está muito violento, e bate mesmo, foram várias vezes que ele agrediu a mãe dele", contou.

Policiais da 26ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) estiveram no local e conduziram o agressor para o 15° Distrito Integrado de Polícia (Dip), mas por se tratar de agressão à mulheres o caso foi encaminhado para a Delegacia Especializada em Crimes Contra a mulher, mas o agressor foi liberado porque a mãe não quis registrar o caso.

De acordo com o sargento José Damasceno, supervisor de área da 26 Cicom, a mãe do agressor não quis registrar o caso porque o filho ficaria preso e ela queira dar apenas 'um susto' nele. "O caso não foi adiante porque ela não quis e ele foi liberado, a PM fez a parte dela que foi intervir e conduzir os envolvidos para a delegacia", disse.

Publicidade
Publicidade