Terça-feira, 19 de Novembro de 2019
LIBERADA

Presa em flagrante com 200 kg de droga é solta após audiência de custódia

Na mesma audiência em que Karen Victor Queiroz conseguiu a liberdade, o namorado dela, Dennis de Seixas, teve a prisão em flagrante convertida em prisão preventiva



KAREN08888.jpg (Foto: Divulgação)
14/06/2017 às 05:00

Karen Regina Victor Queiroz, de 18 anos, presa em flagrante na segunda-feira (12) com 200 kg de droga, foi solta na tarde desta terça-feira (13), após audiência de custódia realizada no Fórum Henock Reis, no bairro Aleixo, Zona Centro-Sul de Manaus. Na mesma audiência, o namorado dela, Dennis Santos de Seixas, 27 anos, teve a prisão em flagrante convertida para prisão preventiva.

Mesmo com o flagrante, Karen Regina teve a liberdade concedida pelo juiz plantonista criminal Alcides Carvalho Vieira Filho. No documento de audiência de custódia disponibilizado para a reportagem de A CRÍTICA consta que o magistrado resolveu conceder a liberdade porque Karen é réu primária, tem bons antecedentes e possui residência fixa.



O documento informa que por conta desses quesitos não se revelam necessários a manutenção da custódia da suspeita, entre outras palavras, a permanência dela em uma prisão feminina. O magistrado determinou ainda que Karen Regina deverá participar do projeto Reeducar, que tem data de início no dia 19 deste mês, às 8h da manhã.

Ainda com base no documento de audiência de custódia, a suspeita assinou um termo de compromisso que a proíbe de se aproximar do namorado Dennis Santos de Seixas, que continua preso, da residência dele, no bairro São Francisco, e dos familiares dele, além de não poder ser vista publicamente embriagada.

Karen havia sido abordada junto com o namorado, no estacionamento de um shopping, no bairro Adrianópolis. Após revista, policiais militares da Ronda Ostensiva Cândido Mariano (Rocam) encontraram 50 quilos de maconha no porta malas do carro, modelo Ônix, de cor branca.

Segundo a Rocam, em seguida, Denis informou a localização da residência dele, na rua Araújo Filho, bairro São Francisco, onde a guarnição encontrou mais 150 quilos de Skunk. A droga estava avaliada em aproximadamente R$ 800 mil e pertencia a facção criminosa Família do Norte (FDN). Os dois foram presos após uma denúncia anônima enviada para o disque denúncia da Rocam.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.