Segunda-feira, 09 de Dezembro de 2019
EXECUÇÃO

Presidiária que cumpria prisão domiciliar é assassinada a tiros no bairro Adrianópolis

Quatro homens chegaram ao local em um carro, desceram do automóvel e dispararam 12 vezes. Três tiros acertaram o pescoço de Fabíola, a “Bina”



998_4FFB4F1C-FCD2-45DA-A30B-F60EE5BD2422.jpg Foto: Arquivo A Crítica
19/10/2018 às 09:11

A presidiária Fabíola Freitas Rodrigues, de 38 anos, a “Bina”, que havia sido liberada pela Justiça para cumprir prisão domiciliar, foi assassinada a tiros na noite dessa quinta-feira (18), por volta das 21h, em via pública, na rua Dias Gomes, bairro Adrianópolis, Zona Centro-Sul da cidade.

De acordo com a polícia, quatro homens chegaram ao local em um carro modelo Fiat Siena, de placas não identificadas, desceram do automóvel e dispararam 12 vezes contra a vítima. Três tiros acertaram o pescoço de Fabíola, que morreu na hora.



Um homem que passava no local no momento do crime, identificado como Thiago Henrique Barroso, levou um tiro no joelho e foi encaminhado ao Hospital e Pronto Socorro 28 de Agosto.

Segundo a polícia, a presidiária havia sido liberada da cadeia devido a um tratamento por doença. A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) vai investigar o caso.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.