Publicidade
Manaus Hoje
ESTUPRO

Preso por estuprar enteada de 16 anos usou remédio para dopar a vítima, diz polícia

Mecânico de 36 anos já havia sido preso por violentar outra adolescente, de 14 anos, em agosto. Nos dois casos ele deu Clonazepam às garotas 29/11/2018 às 12:41 - Atualizado em 29/11/2018 às 20:22
Show mecanico 69719b87 2e37 4d12 a697 6ed786c088f4
Foto: Winnetou Almeida
Joana Queiroz Manaus (AM)

Um mecânico de 36 anos foi preso pela Polícia Civil do Amazonas por estuprar a enteada dele, uma adolescente de 16 anos de idade, enquanto a vítima estava dopadao O crime ocorreu em julho deste ano. Segundo a polícia, o homem forneceu bebidas alcoólicas à jovem e, momentos depois, quando a vítima estava sonolenta e sem controle do corpo, a violentou sexualmente.

De acordo com a delegada Joyce Coelho, titular da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), a adolescente de 16 anos constatou que havia sido abusada ao acordar. O mecânico foi preso ontem (28) na oficina onde trabalhava, no bairro de Flores, na Zona Centro-Sul da cidade, por meio de um mandado de prisão temporário expedido pela juíza Articlina Oliveira Guimarães, da 2ª Vara Especializada em Crimes contra Dignidade Sexual de Crianças e Adolescentes.

Conforme a delegada, ele já havia sido preso em flagrante pela Polícia Civil no último dia 10 de agosto por estuprar outra adolescente, uma garota de 14 anos, utilizando o mesmo modo de atuação – dopando a vítima. Essa última vítima, inclusive, ficou quatro dias entorpecida.

O mecânico, segundo a delegada Joyce Coelho, nega ter estuprado a enteada, mas confessou ter violentado a adolescente de 14 anos. Ele se disse arrependido.

Durante as buscas feitas na casa dele a polícia apreendeu duas cartelas do medicamento Clonazepam, usado para fazer dormir. Agora, o mecânico será encaminhado para a triagem do Centro de Detenção Provisória Masculina (CDPM) 2, onde ficará à disposição da Justiça.

Publicidade
Publicidade