Publicidade
Manaus Hoje
HOMICÍDIO

Preso por matar estudante a tiros em escola usou uniforme para não chamar atenção

Luangelo Freitas, 24, o “Macaco”, assassinou Célio Oliveira no Novo Aleixo. Na ocasião, uma professora também foi atingida com tiro na perna 01/10/2018 às 12:00 - Atualizado em 01/10/2018 às 12:04
Show bb4f530f 1a50 4b45 b341 a78a656bad57 d6ec3ffc 2ec8 4e21 8011 519ff364764e
Foto: Divulgação
Larissa Golvin Manaus (AM)

Luangelo Freitas dos Santos, 24, o “Macaco”, foi preso pela Polícia Civil do Amazonas como suspeito de matar a tiros o estudante Célio Oliveira Lima, 24, na noite do dia 24 de agosto deste ano, em frente a uma escola na rua Sávio Belota, bairro Novo Aleixo, Zona Norte de Manaus. A vítima era estudante da instituição de ensino e, na ocasião, uma professora de 49 anos também foi atingida com um tiro na perna.

Segundo a polícia, para cometer o crime e não chamar a atenção das testemunhas, Luangelo teria emprestado para usar o uniforme escolar de outro aluno. O motivo do crime seria passional, porque Célio estaria se relacionando com a esposa de Luangelo.

No último dia 23 de setembro, Luangelo acabou sendo preso em flagrante por outro crime: roubo majorado. Ele foi capturado por policiais militares da 14ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), passou por Audiência de Custódia e foi encaminhado para o Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), presídio localizado no Km 8 da rodovia federal BR-174, em Manaus.

Ao saber da prisão de Luangelo, a equipe da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) se deslocou até a unidade prisional para cumprir o mandado de prisão pelo crime de homicídio em nome dele. Agora, Luangelo será reencaminhado para o CDPM, onde ficará à disposição da Justiça.

Publicidade
Publicidade