Terça-feira, 23 de Abril de 2019
publicidade
6f300617-c24a-445d-97d5-c1f2e4afeac6.jpg
publicidade
publicidade

ARMA DE FOGO

Primos são presos no porto de Manaus com arma calibre 380 que vale R$ 6 mil

Os dois vieram do município de Careiro da Várzea com objetivo de vender a arma de fogo na capital, a mando de um detento preso na delegacia do Careiro


01/06/2018 às 13:54

Os primos Gibson de Oliveira Torres, de 22 anos, e Wesley Oliveira Assunção, também de 22, foram presos em posse de uma arma de fogo calibre 380 no momento em que desembarcavam no porto de Manaus vindos do município de Careiro da Várzea, na tarde de ontem, quinta-feira (31).

A Polícia Civil abordou os dois homens depois de receber uma denúncia de que os dois faziam parte de uma organização criminosa que atua no estado e que os dois viriam a Manaus vender a arma de fogo a mando de um detento identificado como Bruno Oliveira Assunção, que cumpre pena na delegacia do município do Careiro da Várzea. Segundo a polícia, a arma vale em torno de R$ 6 mil.

O Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO) efetivou a prisão da dupla para evitar que a arma fosse vendida. O delegado Guilherme Torres, diretor do DRCO, contou que os dois homens disseram que a arma seria usada para praticar roubos.

Gibson e Wesley foram autuados em flagrante por porte ilegal de arma de fogo de uso permitido e associação criminosa. Os dois suspeitos passarão por uma Audiência de Custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis. O detento Bruno será indiciado por mais um crime, o de associação criminosa.

publicidade
publicidade
Adaf apreende mais de 11 toneladas de alimentos impróprios para consumo em Manaus
Protesto de 300 presos é contido por GIP em unidade prisional em Manaus
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.