Domingo, 15 de Setembro de 2019
APÓS INVESTIGAÇÃO

Procurado pela Interpol, suspeito de tráfico no Amazonas é preso na Bahia

De acordo com as investigações, Wesley é suspeito de liderar o grupo que foi interceptado, em abril de 2018, em Carauari, tentando transportar quase meia tonelada de cocaína



homem_123_BB609E7A-E706-45C6-95F2-0BDFB26BFB8F.JPG Foto: Divulgação / SSP
02/09/2019 às 10:52

Wesley Evangelista Lopes, suspeito de tráfico internacional, foi preso no sábado (31), durante uma operação conjunta no município de Prado, a 791 quilômetros de Salvador, capital da Bahia. Wesley é suspeito de liderar um esquema internacional de tráfico de drogas no Amazonas e ocupava, até então, a lista dos mais procurados da Interpol. As informações foram divulgadas pela Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) no domingo (1º). 

De acordo com as investigações, Wesley é suspeito de liderar um grupo criminoso que foi interceptado, em abril de 2018, no aeroporto municipal de Carauari, distante 793 quilômetros de Manaus, realizando o transporte de quase meia tonelada de cocaína em um avião bimotor. Na época, quatro pessoas foram presas.

Segundo informações da SSP-BA, Wesley foi encontrado em um imóvel alugado. "Ele pagou aluguel antecipado para três meses e já estava há 30 dias na casa", relatou o major Ronivaldo Pontes, à reportagem do jornal  A Tarde. O suspeito tinha um mandado de prisão por tráfico de drogas e foi incluído na lista da Interpol em 2018

O suspeito foi encaminhado para unidade da Polícia Federal do estado da Bahia, onde ficará à disposição da justiça. A ação contou com a Companhia de Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Mata Atlântica,  88ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/Alcobaça) e agentes da Polícia Federal.

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.