Publicidade
Manaus Hoje
POLÍCIA

Professor de teatro é preso pela polícia após estuprar e maltratar alunos em Manaus

Segundo a Polícia Civil, homem cometia crimes dentro e fora de escola onde trabalhava no bairro Nova Cidade. Suspeito foi encaminhado ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM) 19/12/2016 às 10:46 - Atualizado em 19/12/2016 às 11:49
Show 54466
Suspeito agredia e explorava sexualmente adolescentes de escola (Fotos: Jander Robson)
Dani Brito Manaus (AM)

O professor de teatro e carnavalesco Varildo Alves de Almeida, 50, foi preso por policiais da Delegacia Especializada em Proteção a Criança e ao Adolescente (Depca), acusado de cometer crimes como estupro de vulnerável, exploração sexual e maus tratos contra adolescentes da rede pública estadual de ensino.

Os crimes ocorriam dentro e fora da escola onde ele mantinha um grupo de teatro, no bairro Nova Cidade, Zona Norte da cidade. A prisão dele ocorreu no último sábado (17), no campo do conjunto Osvaldo Frota, localizado na mesma zona de Manaus. De acordo com a titular da Depca, Juliana Tuma, as investigações iniciaram em agosto deste ano.

"Tivemos a informação de que desde o final de 2015 ele vinha cometendo abusos contra esses adolescentes, que eram todos do sexo masculino. Com dois deles ele chegou a realizar o coito anal. Além disso, ele maltratava os alunos, chegando inclusive a jogar sapatos neles, como forma de chamar a atenção ", destacou a delegada.

O homem foi preso em cumprimento a mandado de prisão e indiciado pelos crimes citados. Ainda hoje ele foi encaminhado ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM).

Publicidade
Publicidade