Segunda-feira, 18 de Novembro de 2019
ACIDENTE FATAL

Professor de Colégio da PM morre após colidir moto contra poste na Torquato

Mael Barbosa da Silva, 23, era professor de Matemática no no Colégio Militar CMPM III. Marcos Manuel Barbosa, 20, primo de Mael, o acompanhava na garupa e também não resistiu aos ferimentos



maellllll_76983991-DF7D-4BAD-8A22-CC7E55AFE6EF.JPG Foto: Reprodução
19/10/2019 às 12:41

O professor de matématica Mael Barbosa da Silva, 23, e Marcos Manuel Barbosa, 20, morreram na madrugada deste sábado (19), após a moto em que dirigia colidir contra um poste na avenida Torquato Tapajós, Zona Norte de Manaus. O acidente aconteceu por volta das 2h30. 

Com o impacto, as vítimas sofreram ferimentos graves e morreram antes que o socorro pudesse chegar. O jovem Mael era professor de matemática no CMPM IIIWaldocke Fricke e a notícia da morte dele causou comoção entre os alunos.

Velório



O corpo do professor de matemática e presidente do Centro Acadêmico de Matemática da Escola Normal Superior, Mael Barbosa da Silva, 23, começa ser velado a partir das 15h de hoje (19), no Colégio Militar CMPM III - E.E prof. Waldocke Ficke de Lyra, na Rua Santa Helena, s/n - Tarumã, Manaus, onde ele lecionava

A morte do professor deixou a família e seus alunos abalados, pois o mesmo era considerado na unidade de ensino um professor dedicado com um futuro promissor. Há informações que na sexta-feira teria ganhado um prêmio como melhor professor da escola, onde lecionava matemática.

“Foi um grande parceiro pensante no coletivo ENS/UEA junto a esta direção, sempre buscando melhorias e benfeitorias para o curso de Matemática e seus acadêmicos e Unidade. Deixa-nos memórias de lutas e vitórias significativas”, diz a nota de pesar expedida pela direção da escola.

De acordo com informações da Polícia Militar o acidente aconteceu por volta das 21h. O professor pilotava uma motocicleta modelo XRE-300 e estava em alta velocidade. O mesmo teria perdido a direção do veículo e colidido com um poste de iluminação pública.

Familiares e amigos que estavam nesta manhã no Instituto Médico Legal (IML) preferiam não falar sobre o caso.

Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

18 Nov
bradesco_C22DD61C-FE71-4FDD-BB1B-A5B7C048EF01.JPG

TRT11 celebra acordo de R$ 1,1 milhão entre Bradesco e ex-funcionária

18/11/2019 às 11:20

A bancária ingressou com reclamação trabalhista contra o HSBC e o Bradesco em novembro de 2016, pretendendo receber o pagamento de diferenças salariais, horas extras, tempo a disposição da instituição financeira durante as viagens, além indenização pelos danos morais sofridos no ambiente de trabalho


Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.