Publicidade
Manaus Hoje
LATROCÍNIO

Professora da rede pública se torna a terceira vítima de latrocínio em Manaus nesta terça

Segundo policiais da 10ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), dois suspeitos em uma motocicleta abordaram a professora exigindo seu celular e sua bolsa, atirando quatro vezes contra ela em seguida 05/04/2016 às 21:12 - Atualizado em 05/04/2016 às 21:41
Show capturar
Rocicleide Saraiva de Souza, 49, saía da Escola Estadual Raimundo Gomes Nogueira para casa quando foi abordada (Foto: Reprodução/Facebook)
ACRITICA.COM Manaus (AM)

Uma professora da rede pública foi morta a tiros por dois suspeitos ao sair do trabalho no final da tarde desta quinta-feira (5). Segundo a polícia, o caso foi um latrocínio - o terceiro a ocorrer na capital amazonense em menos de 24h.

Por volta das 17h30, Rocicleide Saraiva de Souza, 49, saiu da Escola Estadual Raimundo Gomes Nogueira, localizada na rua 8, Conjunto Ajuricaba, Zona Centro-Oeste, de onde iria para casa.

Segundo policiais da 10ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), dois suspeitos em uma motocicleta abordaram a professora logo em seguida, quando ela já estava dentro do seu veículo.

Eles exigiram a bolsa e o celular da vítima, que entregou os bens mas mesmo assim foi alvo de quatro disparos feitos pelos criminosos. Eles fugiram do local com os objetos.

Rocicleide chegou a ser encaminhada para o Serviço de Pronto Atendimento (SPA) da Alvorada, mas ela não resistiu aos ferimentos e veio a óbito antes mesmo de chegar à unidade de saúde.

A ação chegou a ser testemunhada por alguns alunos da escola estadual que estavam nas redondezas na hora do crime mas, até a publicação desta matéria, nenhum suspeito foi identificado ou preso pela polícia.

Publicidade
Publicidade