Sábado, 20 de Abril de 2019
publicidade
_ndice.jpg
publicidade
publicidade

PRISÃO

‘Associação Criminosa dos Ninjas’ é presa por roubos a condomínios de luxo em Manaus

Eles são suspeitos de pelo menos cinco assaltos a residências e eram conhecidos como “ninjas” porque usavam preto, luvas e balaclavas


04/09/2017 às 12:06

Uma quadrilha especializada em roubos e furtos a residências de condomínios de luxo em Manaus foi presa por policiais civis da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd). Apontados como autores de pelo menos cinco assaltos a residências, eles eram conhecidos como “associação criminosa dos ninjas”, uma vez que chegavam aos locais sempre vestidos de preto, com balaclavas e luvas.

Kevin de Andrade Filgueiras, 22; Raimundo Pereira da Silva, 39; Wagner Quadros, 32; e Geanderson Fernandes Ribeiro, 26 foram presos na última sexta (1). De acordo com o delegado Adriano Félix, eles costumavam agir durante a madrugada e sempre levavam os veículos das vítimas. Dentre os bairros escolhidos pelos bandidos estão Tarumã, Ponta Negra, Adrianópolis e Colônia Terra Nova. 

Segundo a polícia, o primeiro roubo cometido pelo grupo aconteceu no dia 25 de março deste ano a uma casa em um condomínio no bairro Ponta Negra, Zona Oeste. No dia 24 de maio, o grupo roubou uma residência em um condomínio na avenida Mário Ypiranga, no bairro Adrianópolis. O terceiro roubo aconteceu no último dia 20 de julho, em um condomínio no bairro Tarumã, Zona Oeste.

No dia 23 de julho, o bando roubou uma residência de um condomínio situado na avenida Torquato Tapajós, bairro Colônia Terra Nova, Zona Norte da cidade, e ainda em julho os infratores roubaram outra casa em um condomínio localizado no bairro Ponta Negra, Zona Oeste. “O prejuízo das famílias que foram vítimas dessa associação está em torno de R$ 500 mil. Só em uma das residências eles roubaram mais de R$ 300 mil em joias”, afirmou o delegado Adriano Félix.

Com o bando foram apreendidas duas espingardas de ar comprido; um veículo modelo Corsa Hatch, de cor prata e placas NOK-2896, utilizado nos delitos; três notebooks, um tablet, dois aparelhos celulares, duas guitarras, uma mesa de som, dois videogames, um data show, relógios e joias das vítimas, além certa quantia em bolívar venezuelano.

Felix destacou que os líderes da quadrilha eram Kevin e um homem identificado como Diego da Silva Barbosa, encontrado morto no dia 4 de agosto deste ano, em um ramal da rodovia Manoel Urbano, no município de Iranduba, distante 27 quilômetros em linha reta da capital. Kevin e Diego ficavam com a maior parcela dos bens provenientes dos roubos.

Na unidade policial, durante consulta ao Sistema Integrado de Segurança Pública (Sisp), foi constatado que Kevin possui duas passagens pela polícia por furto. Ao término dos procedimentos cabíveis na especializada, Kevin, Raimundo, Wagner e Geanderson serão conduzidos ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), onde irão permanecer à disposição da Justiça.

O sexto integrante do bando, identificado como Cristiano Cavalcante da Costa, está sendo procurado pelas equipes da especializada. “As investigações em tono desses roubos irão continuar, até prendermos Cristiano. Também estamos tentando identificar os receptadores dos produtos roubados pelo bando”, concluiu Felix.

publicidade
publicidade
Justiça decreta prisão de três pessoas pelas mortes na Muzema, no RJ
Polícia Militar prende 11 pessoas e apreende 4 armas em ação no AM
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.