Publicidade
Manaus Hoje
Polícia Civil

Quadrilha é presa momentos antes de tentar roubar sítio localizado na rodovia AM-010

O bando foi abordado quando passava pela barreira da PM na estrada. Eles confessaram que um ex-funcionário do sítio passou informações que facilitariam o roubo 21/09/2016 às 14:56 - Atualizado em 21/09/2016 às 15:01
Show 4a126257 a051 4632 bef2 0202f35448f9
Eles foram presos por policiais da Delegacia de Roubos, Furtos e Defraudações (Foto: Joana Queiroz)
Joana Queiroz Manaus (AM)

Cinco homens foram presos na tarde de segunda-feira (19) momentos antes de roubarem um sítio localizado no Km 36 da rodovia estadual AM-010, segundo a polícia. O bando era composto por Fabrício Carlos de Souza, 18, o “Gordinho”, Thiago Victor de Figueiredo, 18, Elciney Andrade da Silva, 23, Márcio Freitas de Mesquita, 29, e Cláudio Antônio dos Santos Alves, 34.

Eles foram presos por policiais da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd) quando passavam pela barreira da Polícia Militar. Segundo o delegado Adriano Felix, titular da Derfd, os cinco homens são criminosos de alta periculosidade e pretendiam roubar dinheiro, objeto de valores e dois veículos do sítio. De acordo com Félix, os veículos roubados seriam mandados para outros estados brasileiros.

Conforme Adriano Félix, a polícia chegou ao bando por meio de um trabalho de inteligência e conseguiu prendê-los quando eles se encaminhavam para o sítio. Todos os cinco suspeitos estavam em um táxi da companhia de rádiotaxi Liberdade. Os policiais fizeram a abordagem do veículo e encontraram duas armas, uma pistola calibre ponto 40 e um revólver calibre 38 todos municiados.

Inicialmente, os infratores disseram que Márcio e Elciney estavam levando todos para o sistema semi-aberto do Complexo Penitenciário Anísio Jobim, no Km 8 da rodovia BR-174, mas em seguida acabaram confessando que iam fazer o assalto ao sítio, pois tinham a informação que foi passada por um ex-funcionário do local, que atualmente está foragido.

Todos foram autuados nos crimes de furto majorado tentado e associação criminosa e deverão ser levados pra a Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro de Manaus, onde ficarão à disposição da Justiça.

*Com informações da assessoria de imprensa

Publicidade
Publicidade