Sexta-feira, 19 de Julho de 2019
ASSALTO

Quadrilha que planejava roubar R$ 30 mil de empresário é presa pela Polícia Civil

Eles sabiam que a vítima costumava fazer depósitos todas as segundas-feiras referentes à venda de bebidas. Mas o bando foi capturado antes de o assalto acontecer



6142cf3c-3724-42da-805a-6e32f97dc4f9.jpg Foto: Jander Robson
20/06/2018 às 14:01

Sete pessoas foram presas em Manaus suspeitas de planejarem o roubo a um empresário que faria um depósito de R$ 30 mil em uma agência bancária na rua Loris Cordovil, no bairro Alvorada, Zona Oeste de Manaus. Entretanto, o crime não aconteceu. A Polícia Civil conseguiu prender o bando na manhã de ontem, terça-feira (19), antes de o assalto acontecer.

Foram presos Alexsandro Nobre Ferreira, 24; Jackson da Costa Caldeira, 31; Jean Carlos Santos de Castro, 25; Rogério Mourinho Cativo, 30; Thiago de Oliveira Litaiff, 33; Wilton Mesquita Chaves, 49; e o líder do grupo, Jhon Carlos das Chagas Souza, 37, conhecido como “Maranhão”.

De acordo com a Polícia Civil, o grupo estaria de olho nos R$ 30 mil que seriam depositados pelo empresário. Os suspeitos tinham a informação de que a vítima costumava fazer depósitos todas as segundas-feiras referentes à venda de bebidas nos finais de semana. No dia anterior ao crime, o empresário teria sido monitorado desde as 9h. O grupo usava carros e motos alugados para segui-lo. Porém, o empresário não teria ido fazer o depósito.

A equipe da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd) recebeu denúncias anônimas informando que os infratores estariam planejando o assalto e, então, eles começaram a ser monitorados pelos investigadores.

Também foram apreendidos um revólver calibre 38 com cinco munições intactas; uma motocicleta modelo CG Titan preta de placa JWV-3481; e três carros, um Fiat Palio azul de placas JXJ-8695; um Ônix preto de placas PHO-5960; um Celta vermelho de placas NON-1457

Em consulta ao Sistema Integrado de Segurança Pública (Sisp), a Polícia Civil verificou também que Jean já tinha passagem por roubo majorado e tráfico de drogas. Alexsandro também tem passagem pela polícia por roubo, tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo. O líder do grupo, Jhon, tem passagens por cinco roubos e o Jackson por três roubos.

Os criminosos foram autuados por roubo majorado tentado e associação viminosa armada. Os sete homens passarão por uma Audiência de Custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.