Sábado, 15 de Maio de 2021
CORPOS ENCONTRADOS

Quatro corpos de vítimas de chacina são encontrados empilhados em Itacoatiara

Cadáveres foram localizados em uma cova rasa dentro de um sítio, a 37 km da sede do município. Policiais chegaram ao local após informações de uma pessoa que se fingiu de morta para escapar da chacina



869cb40f-f120-4611-8fb0-b4b7f0dcb851_855B0732-6DFC-440A-8C2C-4FBEE44B47E7.jpg Fotos: Leonardo Biase/Portal LCJ Notícias
29/04/2021 às 21:13

Os corpos das quatro vítimas da chacina que ocorreu na madrugada desta quinta-feira (29), em Itacoatiara (distante 270 km linha reta de Manaus), foram encontrados pela polícia, empilhados numa cova rasa, em um sítio localizado no ramal da Sudam, há 37 km da sede do município. A polícia trabalha com a hipótese de que no local funcione um laboratório de drogas.

Conforme informou o tenente-coronel Beckman, da Polícia Militar, a equipe conseguiu chegar ao local onde os corpos estavam enterrados, através de informações passadas por uma das vítimas, que se fingiu de morta e conseguiu fugir do local e procurou o Hospital Regional José Mendes, em Itacoatiara. Uma segunda pessoa, que seria o caseiro do sítio, também conseguiu fugir.




Corpos estavam em um sítio a 37 km da sede de Itacoatiara. Foto: Leonardo Biase/Portal LCJ Notícias 

“Essa vítima chegou ao hospital com 22 perfurações nas costas. Ele relatou que se fingiu de morto e o amarram, depois o jogaram em um buraco, uma espécie de porão. Quando ele ouviu o barulho dos carros indo embora, mesmo amarrado ele forçou com as costas para sair e os pregos que tinham nas madeiras que cobria o buraco, ocasionaram essas perfurações. A pessoa que identificou como o caseiro do sítio, estava com uma perfuração na altura do fêmur” afirmou o tenente-coronel.

A perícia informou a polícia que a morte das três vítimas têm características de asfixia mecânica, provavelmente teriam usado uma corda para asfixiá-los. Uma das vítimas teria lesões possivelmente provocadas por terçado.

“Esse homem tinha quatro cortes atrás do pescoço, que podem ser de terçado. Nenhum deles foi esquartejado, e não foi utilizada arma de fogo” enfatizou Beckman.

O Instituto Médico Legal (IML) foi acionado para a remoção dos corpos, que serão trazidos para Manaus. A Polícia Civil dará continuidade às investigações do caso.

Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.