Publicidade
Manaus Hoje
CHACINA

Quatro são mortos durante a madrugada com 15 tiros em sítio na AM-010

Crime ocorreu no quilômetro 45 da AM-010. Segundo o pai de duas vítimas, carro e moto foram vistos durante a madrugada nas proximidades. Causas da morte são desconhecidas pela Polícia Civil 25/10/2016 às 12:22 - Atualizado em 25/10/2016 às 17:32
Show sitio
Crime ocorreu em sítio no Tarumã-Açu (Foto: Winnetou Almeida)
Alírio Lucas Manaus (AM)

Quatro pessoas foram executadas na madrugada desta terça-feira (25), no ramal do Muchaco, localizado no quilômetro 45 da AM-010, em Manaus. Wilkson Wirlon Guimarães, 22, Wiliane Barbosa Guimarães, 19, Riza Pereira Lisboa, 16, e Emerson Ferreira Torres, 23, foram mortos com 15 tiros.

Segundo o pai dos irmãos Wilkson e Wiliane, o agricultor José Torres, 53, os filhos retornavam de outro sítio da família, localizado no Tarumã-Açu, na tarde de segunda-feira (24) e que desconhece o que motivou o crime. "Não consigo imaginar quem fez isso. Eles entraram. Não levaram nada e meus filhos não tinham problema com ninguém", declarou.

Ainda segundo o agricultor, um carro e uma moto, de modelos e placas não identificadas, foi visto por populares passando em alta velocidade por volta de 1h. "Eles não levaram nada daqui da casa. Entraram e apenas mataram todos eles".

De acordo com a polícia, um garoto de 13 anos de idade foi quem na manhã de hoje viu que um dos animais de estimação de Wilkson estava solto.

O Departamento de Perícia Técnico Científico (DPTC), esteve no local e informou que foram efetuados 15 tiros, sendo cinco tiros em Emerson, quatro tiros em Riza e Wilkson, e dois em Wiliane.

Investigações  

O delegado titular da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), Ivo Martins, esteve no local e informou que até o momento a causa do crime ainda é desconhecida. "Já temos algumas informações relevantes, que ainda não podemos passar ainda, mas vamos primeiro esclarecer o passado de cada um deles, para poder termos uma linha investigatória para encontrarmos os autores desse fato".

Publicidade
Publicidade