Publicidade
Manaus Hoje
MINISTRO DO STJ

Recomeça o julgamento da tentativa de homicídio contra Mauro Campbell

Em 2006, o ministro do STJ Mauro Campbell sofreu tentativa de homicídio em Manaus, quando era procurador de justiça do Amazonas. O mandante seria o procurador-geral, à época, Vicente Cruz 25/06/2016 às 11:00 - Atualizado em 26/06/2016 às 21:53
Show caso caamp
O processo tem seis réus, entre eles, o ex-procurador de justiça Vicente Cruz e também Osvaldo Silva Bentes, Jane da Silva Santos, o “Caneco”, Lenilson Braga da Silveira, o “Carioca” e Maria José Dantas da Silva, que será julgada a revelia (Foto: Luana Carvalho)
Luana Carvalho Manaus (AM)

O julgamento de quatro réus do processo da tentativa de homicídio contra o atual ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Mauro Marques Campbell, recomeçou na manhã deste sábado (20) e deve se estender até 12h, com a divulgação da sentença.

O promotor de Justiça Igor Stalin fez a réplica e neste momento o defensor público Antônio Aderval faz a tréplica. Ele deve falar por pelo menos hora e meia. Em seguida, o júri se reunirá para a proferirem a sentença.

O caso

De acordo com a denúncia feita pelo Ministério Público, a tentativa de assassinato teria sido praticada às vésperas de uma eleição para composição da lista tríplice da procuradoria-geral do órgão. Vicente Cruz era o procurador-geral e concorria à reeleição contra outros quatro candidatos, sendo que um deles era Mauro Campbell. Cruz é acusado de ser o mandante do crime.

Publicidade
Publicidade